Geral | MERCADO DE TRABALHO

Saiba as profissões que estarão em alta nos próximos anos

As tendências de mercado e a economia do país ajudam a definir quais serão essas profissões
OESTADOMA.COM, com informações da assessoria20/02/2019 às 11h52
Saiba as profissões que estarão em alta nos próximos anosNo momento da decisão, a vocação deve pesar. (Divulgação)

BRASIL - Quais as profissões que prometem marcar forte presença no mercado? Existem profissões que se destacam e que devem ter uma boa procura durante o ano de 2019. Para o diretor executivo da Bazz Estratégia de Recursos Humanos, Celso Bazzola, para definir os setores que se destacarão são necessárias algumas análises.

“O que leva a definirmos algumas carreiras promissoras para o próximo ano são as tendências de mercado e a economia do país. As necessidades e mudanças de comportamento também influenciam nessa análise”, explica.

Aí vale um alerta, não é porque estas profissões estão valorizadas que se deve correr atrás das mesmas, existe neste caminho mais um ponto muito importante, a vocação. Geralmente por influências externas, em muitos casos os profissionais optam pelo dinheiro e o resultado pode ser desastroso.

Mas vamos as áreas de destaque segundo Celso Bazzola:

1. Agroecólogo - profissional que combina conhecimentos de sustentabilidade com agroindústria.
2. Gerontólogo – atua não só com a saúde de pessoas idosas, mas também com a felicidade e o bem-estar delas.
3. Analista de BI (Business Inteligent) - tem capacidade de interpretar dados e entender os comportamentos de consumo.
4. Técnico em drones - especializado em pilotar esse tipo de aeronave não tripulada para serviços na parte de segurança, fotos e filmagens, análise de campo e solo, etc.
5. Desenvolvedor mobile – profissional que desenvolve softwares para dispositivos móveis
6. Cientista de dados - papel decisivo para o futuro de muitas empresas, pois utiliza seus conhecimentos estatísticos e matemáticos para resolver problemas de negócios e identificar tendências capazes de alavancar os resultados da companhia.
7. Analista de mídias digitais - ajuda a buscar por meio do engajamento o bom relacionamento por meio das redes sociais digitais.
8. Biotecnologista - pode trabalhar com o melhoramento da produção agrícola, com o controle de qualidade e desenvolvimento de remédios.
9. Designer de games - consiste em criar e desenvolver jogos eletrônicos para diversas plataformas, seja ele para treinamento ou entretenimento
10. Conselheiro - seu papel é sugerir melhorias para a governança corporativa, com base nos seus conhecimentos técnicos de controladoria, finanças e contabilidade e vivência de mercado.

“Porém, não devemos alterar os planos profissionais para outras carreiras apenas por tendências, considero que mais importante é avaliar suas habilidades e paixão, assim, com certeza, o sucesso será inevitável”, conta o diretor da Bazz.

Ele acrescenta, que várias profissões tiveram seus momentos de destaque e depois entraram em baixa, já outras estão presentes nas empresas em destaque até hoje. O importante também é se manter atualizado, sendo que muitas delas sofreram mudanças graças os avanços das técnicas, tecnologia, estratégia, competitividade, entre outras variáveis que fazem as pessoas se destacarem ou não.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte