Estado Econômico

Ano de 2019 inicia-se com mais otimismo na indústria

Estudo da Fiema pesquisou confiança do empresariado industrial
16/02/2019

O Índice de Confiança do Empresário Industrial do Maranhão (ICEI-MA) começou o ano em patamar elevado, indicando expectativas otimistas para 2019. O índice registrou 65,3 pontos, estabelecendo a marca de 7,17 pontos acima da média histórica e variou pouco em relação a dezembro de 2018, o que indica a continuidade do quadro de otimismo verificado ao longo do ano passado.
A pesquisa é a primeira do ano, elaborada pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), no período de 3 a 14 de janeiro, com empresários do setor industrial do estado.
O estudo apontou que as condições atuais da economia brasileira estão melhores, registrando 51,4 pontos em janeiro de 2019. As condições atuais da economia brasileira ainda são avaliadas negativamente pelo setor da construção civil, de forma que, de dezembro de 2018 a janeiro de 2019, o índice que captura a avaliação supracitada variou -4,2 pontos, reduzindo-se para 40,7 pontos.
Por outro lado, a indústria de transformação avalia positivamente as condições da economia brasileira e apresenta expectativas muito boas. O segmento alcançou a marca de 72,7 pontos e o índice que avalia as condições atuais da economia brasileira ficou em 56,9 pontos, indicando uma melhor situação do segmento.
O ICEI/MA é elaborado mensalmente e o índice é obtido a partir da ponderação dos resultados referentes às condições atuais e expectativas dos empresários em relação à economia brasileira, o Estado e a empresa. Foram pesquisadas pela Fiema empresas da construção civil e indústrias extrativas e de transformação.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte