Polícia | Sentença recorde

Homem é condenado a mais de mil anos de prisão por violentar enteada

Abusos sexuais só cessaram há cinco anos, depois que a mãe da vítima separou-se do autor
Daniel Matos15/02/2019 às 11h26
Homem é condenado a mais de mil anos de prisão por violentar enteadaFórum de Fernandópolis, no interior de São Paulo, onde foi proferida a sentença (Divulgação)

FERNANDÓPOLIS - Um homem foi condenado a 1.008 anos de prisão por abusar sexualmente da enteada. O criminoso iniciou os abusos quando a menina tinha seis anos e só terminou quando a mãe se separou do acusado, cinco anos depois.

Um homem foi condenado a 1.008 anos de prisão por abusar sexualmente da enteada. A sentença foi proferida pela Justiça de Fernandópolis, cidade do interior de São Paulo (SP). O criminoso iniciou os abusos quando a menina tinha seis anos e só terminou quando a mãe se separou do acusado, cinco anos depois. Uma tia que visitava a família foi quem relatou os abusos à polícia.

Como foram comprovados 63 estupros, o cálculo foi multiplicado pela pena de 16 anos prevista para o crime hediondo.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte