Polícia | Criminalidade

Litorânea, como área de lazer, está sendo marcada por crimes

Cinco pessoas já foram assassinadas a tiros ou por arma branca na avenida em menos de três meses; último caso ocorreu segunda-feira, com a morte de um jovem
Ismael Araújo13/02/2019

SÃO LUÍS - A avenida Litorânea, considerada uma das mais importantes áreas de lazer, mais uma vez serviu para um assassinato. Cinco pessoas foram mortas a tiros ou por meio de arma branca nessa localidade da capital em menos de três anos. A polícia ainda ontem estava realizando incursões para prender Luís Eduardo Correa Durans, de 23 anos, suspeito de ter executado Erick Cuba de Oliveira, de 19 anos, filho de um policial civil. Segundo a polícia, o jovem foi morto quando jogava bola em companhia de amigos na noite de segunda-feira, 11.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte