Política | Sem saúde

Governo terá de explicar fechamento de hospital em Matões do Norte

Requerimento de autoria do deputado estadual Adriano Sarney (PV) cobra informações detalhadas da suspensão das atividades na unidade de saúde
Ronaldo Rocha da editoria de Política13/02/2019

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa aprovou na manhã de ontem o requerimento nº 026/2019, de autoria do deputado estadual Adriano Sarney (PV), que cobra informações detalhadas ao secretário de Estado da Saúde, Car­los Lula, sobre a suspensão das atividades do Hospital Geral de Matões do Norte.
O requerimento foi formalizado na semana passada, na ocasião em que ganhou forte repercussão a denúncia de fechamento do hospital feita por servidores da unidade e posteriormente confirmada pelo Sindicato dos Enfermeiros do Maranhão.
O Governo, num primeiro momento, negou o fechamento do hospital. Depois, recuou e anunciou uma reforma na unidade - inaugurada em 2014 -, e suspendeu todas as atividades.
Adriano falou da necessidade de se esclarecer a situação. Por isso, cobrou dados detalhados do fechamento do hospital. Ele também falou da preocupação com os servidores, que denunciaram possíveis demissões em decorrência do fechamento.
“Precisamos saber o que vai acontecer com as dezenas de servidores que foram surpreendidos com o fechamento do hospital e que chegaram a denunciar uma demissão em massa. É preciso saber dados completos da obra a ser feita no local, pois queremos saber custo, prazo de conclusão. Enfim, estamos cobrando transparência do governo”, disse.
Adriano afirmou que o Gover­no, a partir de agora, com a aprovação do requerimento, é obrigado a repassar as informações ao Poder Legislativo.
“O Governo está devendo informações a esta Casa. Agora, as informações que serão encaminhadas para a Assembleia Legislativa terão de ser as mais exatas possíveis. Senão, o secretário estadual [Carlos Lula] pode incorrer em crime administrativo”, disse.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.