Polícia | Sentença

Matadores de delegado são condenados pela Justiça Federal

Davi Costa Martins e Wanderson de Morais pegaram, cada um, mais de 30 anos de reclusão em regime fechado; sentença foi proferida ontem na 2ª Vara Criminal
Ismael Araújo07/02/2019

SÃO LUÍS - Os acusados pelo assassinato do delegado federal David Farias de Aragão, Davi Costa Martins e Wanderson de Morais Baldez, foram condenados ontem a mais de 30 anos de reclusão cada, em regime fechado pela Justiça Federal. Os dois criminosos, em companhia de um adolescente de 17 anos, são acusados de terem assassinado o delegado, a tiros e facadas, durante um assalto ocorrido na festa de aniversário de cinco anos da filha da vítima. Este crime ocorreu no dia 5 de maio do ano passado, na residência da família, na Praia do Meio, em São José de Ribamar.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte