Cidades | PRECARIEDADE

População reivindica sinalização e estruturas no centro de São Luís

Com semáforos desativados e sem faixa de pedestres na Av. Silva Maia, pedestres enfrentam riscos; Rua Rio Branco tem paradas sem abrigos e prédio em ruínas
MONALISA BENAVENUTO / O ESTADO05/02/2019

A falta de sinalização e problemas estruturais têm gerado indignação em trabalhadores e frequentadores do centro de São Luís. Com os semáforos da Avenida Silva Maia desativados, e a ausência de faixas de pedestres, a travessia representa uma armadilha perigosa. Já na Rua Rio Branco, um prédio em ruínas pode desabar a qualquer momento e oferece risco aos usuários do transporte público, que, devido à falta de abrigos nos pontos de ônibus da via, agrupam-se sob marquizes, na tentativa de buscar proteção do sol, da chuva, e ainda dos assaltos, que, segundo a população, estão ainda mais constantes.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.