Política | Investigação

Secretário de saúde do Maranhão é alvo de Procedimento Investigatório Criminal

O secretário do governo Flávio Dino é suspeito de realizar indevidamente pagamentos a empresas sem contrato e sem licitação.
José Linhares Jr.04/02/2019 às 11h13
Secretário de saúde do Maranhão é alvo de Procedimento Investigatório CriminalDesde o ano passado o secretário Carlos Lula é alvo de dúvidas em relação ao seu desempenho na pasta. (Divulgação)

SÃO LUÍS - Além das denúncias e protestos por conta do declínio nos serviços de saúde pública no Maranhão, o secretário de saúde, Carlos Lula, agora terá que enfrentar o prolongamento de Procedimento Investigatório Criminal pelo Ministério Público. A investigação será tocada pelo promotor de Justiça Cláudio Rebêlo Correia Alencar. O secretário do governo Flávio Dino é suspeito de realizar indevidamente pagamentos a empresas sem contrato e sem licitação.

O prolongamento da investigação foi oficializado na manhã desta segunda (04) no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público. As investigações do Procedimento Investigatório Criminal têm como base a Notícia de Fato nº 023153-500/2018.

Desde o ano passado o secretário Carlos Lula é alvo de dúvidas em relação ao seu desempenho na pasta. Durante a eleição foram recorrentes as informações sobre sua possível prisão, fato que pelo momento não se concretizou.

Além do próprio Carlos Lula, também devem ser intimados o ex-superintendente de Acompanhamento à Rede Serviços, Júlio Cesar Oliveira Gonçalves; Antônio Evaldo Soares Silva; Emanuela Brasileiro de Medeiros; e José Wilson Carvalho de Mesquita, ex-técnico da Secretaria Adjunta de Assistência à Saúde. Todos devem dar depoimento no próximo dia 14 de fevereiro.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte