Wiberlley Cunha, empreendedor

Um sonho e um empreendimento realizados

Ele tem 26 anos e chamou a atenção por ter desenvolvido o aplicativo maranhense “Chama Will”, que está em pleno funcionamento e tem aproximadamente 2 mil serviços anunciados

Evandro Jr. / O Estado do Maranhão

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h26
Maranhense Wiberlley Cunha desenvolveu aplicativo que une profissionais e clientes, após contato com biografia de Steve Jobs
Maranhense Wiberlley Cunha desenvolveu aplicativo que une profissionais e clientes, após contato com biografia de Steve Jobs

SÃO LUÍS - Empreendedor desde os 15 anos de idade, Wiberlley Cunha foi mototaxista em sua terra natal, o município de Penalva. Depois, motorista, dirigindo 700 km por dia para pessoas e mercadorias até a capital. Aos 23, mudou-se com a ex-esposa para São Luís, com a missão de fazer um curso de instalação de ar-condicionado.

O sonho era abrir uma prestadora de serviço de climatização, mas as aulas não ajudavam. Will gastou todas as economias comprando materiais necessários para abrir a empresa e o curso foi pura enrolação. Foi aí que ele decidiu que conheceria o mercado do jeito “raiz”, ou seja, tornando-se aprendiz de um profissional da área. E começou de graça. Por vezes, não tinha dinheiro nem mesmo para almoçar, mas, aos poucos, foi ganhando a confiança do chefe.

Aos poucos, as coisas melhorariam, em parte. Will passou a receber 40% do valor dos serviços que prestava. Quando o chefe se aposentou devido a um acidente de trabalho, ele herdou a lista de clientes. No entanto, com o divórcio, teve de voltar para sua cidade natal, mas foi lá que se depararia com a famosa biografia de Steve Jobs, do jornalista Walter Isaacson. Devorou!

“Quando você lê aquilo, vira um louco. E louco foi o que eu me tornei. Sem emprego, dinheiro para o aluguel ou para pagar a prestação do carro, deixei de pensar nos meus problemas e foquei em encontrar uma solução não somente para mim, mas para os diversos prestadores de serviços espalhados pelo Brasil”, conta.

Sem emprego, dinheiro para o aluguel ou para pagar a prestação do carro, deixei de pensar nos meus problemas e foquei em encontrar uma solução não somente para mim, mas para os diversos prestadores de serviços”

Oportunidade
A solução criada por Will é totalmente para profissionais que não têm oportunidade no mercado para se promover, mostrar a qualidade do seu serviço e se conectar a clientes de modo rápido e eficaz. Ele pensou em um “market place”, palavra que nem mesmo conhecia no princípio. Com um bocado de ajuda da internet, encontrou e contratou uma equipe de desenvolvedores “freelancers”. Para pagar, encontrou uma solução: vendeu um PlayStation3 e uma corrente de ouro, que era tudo o que tinha naquele momento.

Mas, para sua surpresa e decepção, o sistema ficou ruim. Não funcionava direito e, para melhorá-lo, ele precisaria de mais dinheiro. “Minha mãe, sabendo do problema, disse que iria me emprestar a grana, mesmo não tendo nada em mãos. No fim do dia, eu tinha R$ 2 mil na minha conta. O novo site chegou, mas ainda estava longe de ser eficiente, pois precisava de melhorias, e isso significaria mais verba”, detalha.

Ele sequer sabia o que era “investimento-anjo”, mas resolveu bater na porta de uma antiga cliente e pedir um aporte. Nem acreditou que conseguiu convencer uma médica, dona de um hospital, a investir R$ 100 mil no projeto. Foi quando descobriu que a mãe havia pedido um empréstimo a um agiota. Era mais um entrave que prejudicaria seus planos. “Contei a história toda para a investidora, que foi um anjo mesmo, e me deu R$ 30 mil para meus custos de vida”.

Renda
Com a grana, o negócio mudou e virou um aplicativo. Hoje, eles faturam bastante com a Startup: em um ano de testes e funcionamento, já geraram mais de R$ 10.000.000 em distribuição de renda aos profissionais parceiros na capital maranhense. De lá para cá, o time da Will reformulou o app.

Hoje, o “ChamaWill” sugere profissionais por geolocalização e mostra até três profissionais disponíveis e interessados em atender clientes. Todos os profissionais cadastrados na plataforma passam por um rigoroso processo de verificação para fazer parte da comunidade da Will, acompanhamos todo o atendimento e com suporte 24 horas.
Todas essas ideias foram necessidades que ele sentiu na pele durante os anos em que passou trabalhando como profissional de manutenção de ar-condicionado. Hoje, tudo faz sentido. Diante de tanto trabalho e dedicação, a empresa está na terceira rodada de investimentos e se preparando para iniciar as operações em Fortaleza.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.