Geral | Brasilieiras

53% das jovens convivem com medo diário de assedio

Pesquisa da ActionAid revela que o temor cotidiano sentido por meninas é maior no Brasil do que na Índia, Quênia ou Reino Unido; o medo do assédio afeta 41% das adolescentes entre 14 e 16 anos, aumentando para 56% na faixa etária entre 17 e 19 anos
02/02/2019

BRASÍLIA - Estudo realizado pela organização internacional de combate à pobreza ActionAid revela que mais da metade, ou 53% das brasileiras entre 14 e 21 anos, convivem diariamente com o medo de ser assediadas.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.