Polícia | Indeferimento

Davinópolis: Justiça nega habeas corpus ao vice-prefeito

José Rubem Firmo é apontado como mandante da morte do prefeito Ivanildo Paiva ocorrido em novembro do ano passado; ele e mais cinco estão presos
Ismael Araújo24/01/2019

DAVINÓPOLIS - O Tribunal de Justiça do Maranhão negou o habeas corpus impetrado pela defesa do vice-prefeito de Davinópolis, José Rubem Firmo, o Rubens Lava Jato. De acordo com a polícia, ele e os militares Francisco de Assis Bezerra Soares, o Tita; Willame Nascimento Silva; e os civis, José Denilson Feitosa Guimarães, o Boca Rica; Douglas Silva Barbosa e José Antônio Messias, o Messias do Pneu Zero, estão presos acusados pela morte do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva. Esse crime ocorreu no dia 10 de novembro do ano passado, na zona rural dessa cidade.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte