Política | Problemas financeiros

Governo não prioriza atrasos com fornecedores e foca apenas em dívidas "de gestões passadas"

Nas redes sociais, Dino divulgou mensagem em que revelou possível déficit do estado.
O Estado14/01/2019 às 10h49
Governo não prioriza atrasos com fornecedores e foca apenas em dívidas "de gestões passadas"Divulgação

SÃO LUÍS - O Governo do Maranhão, que admitiu recentemente em entrevista ao jornal Folha de São Paulo por meio de seu titular, o governador Flávio Dino (PCdoB), atrasos com fornecedores do estado, decidiu culpar a gestão anterior pelos problemas financeiros. Nas redes sociais, Dino divulgou mensagem em que revelou possível déficit do estado a partir de empréstimo contraído por outras administrações. Segundo ele, o governo arca com cerca de R$ 200 milhões mensais para pagar a dívida.

Sobre a revelação, o governador não detalhou em que ano foi feita esse empréstimo e qual credor do negócio. Esta não é a primeira pauta lançada pelo governador relacionada às finanças do estado do Maranhão. No dia de sua posse para o segundo mandato, o governador afirmou que encaminharia ofício ao Ministério da Educação do Governo Federal oferecendo ajuda para a construção e reforma de creches no Maranhão. O governador não explicou, na ocasião, como fará para oferecer a ajuda com o saldo negativo das finanças do Estado.

Ainda em sua conta oficial no Twitter, Dino citou a prioridade em "responsabilidade fiscal" em seu governo. Ele informou ainda que manterá "responsabilidade", mantendo investimentos, porém "sem quebrar o Estado".

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte