Geral | Flexibilização

Porte de armas deve ser facilitado a partir da próxima semana

Decreto que flexibiliza acesso deve ser apresentado por Jair Bolsonaro na segunda quinzena de janeiro
José Linhares Jr08/01/2019 às 14h59
Porte de armas deve ser facilitado a partir da próxima semanaDecreto deve facilitar acesso da população a armas (Reprodução)

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, confirmou nesta terça-feira, 8, que o brasileiro terá mais facilidade em obter o porte de armas de fogo a partir da próxima semana. "O presidente Bolsonaro tem pressa porque é um compromisso dele, palavra dada é palavra cumprida", explicou.

A Polícia Federal concedeu 54.581 portes de arma de fogo nos últimos 10 anos em todo o país, uma média de 5.458 por ano. As regras para o porte de arma no país são consideradas uma das mais severas do mundo. Apesar disso, o Brasil é o país campeão em assassinatos com cerca de 65 mil pessoas mortas por ano.

O decreto assinado por Jair Bolsonaro deve estabelecer que o delegado de Polícia Federal não será mais o responsável por negar ou aprovar a posse, como ocorre atualmente.

O presidente afirmou que está dialogando com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, para definir critérios mais objetivos para a necessidade de posse. “Na legislação diz que você tem que comprovar efetiva necessidade. Conversando com o Sergio Moro, estamos definindo o que é efetiva necessidade. Isso sai em janeiro, com certeza", alegou.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte