Política | Cortes

Romeu Zema exonera milhares de comissionados em MG de uma vez

Ao todo foram dispensados 6 mil funcionários que deixam de participar da gestão
José Linhares Jr02/01/2019 às 16h03
Romeu Zema exonera milhares de comissionados em MG de uma vezDecreto 47.609 de Romeu Zema atingiu cerca de 6 mil servidores (Reprodução)

Uma edição extra do Diário Oficial de Minas Gerais trouxe a exoneração de todos os servidores comissionados do estado. A decisão do governador Romeu Zema (Novo) atingiu todos os ocupantes de cargos de recrutamento amplo e efetivos que ocupavam essas cadeiras.

O decreto de Romeu Zema não atingiu setores das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) e Ezequiel Dias (Funed) e o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Minas Gerais (Hemominas), entre outros órgãos públicos.

Na manhã de hoje o governador eleito voltou a reforçar seu compromisso com a "redução expressiva" de pessoal. Segundo ele, o decreto publicado hoje corta cerca de 6 mil pessoas dos quadros do Executivo.

O decreto 47.609, também publicado na edição extra do Minas Gerais, determina aos departamentos de recursos humanos de todos os órgãos da administração direta, autarquias e e fundações, encaminhar à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) a relação dos servidores com dados pessoais e também a relação de quem esteja em férias-prêmio ou tenha requerido o benefício.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.