Política | Nova Política

LGBT's deixam de fazer parte de diretrizes do Governo Federal

Redação da medida provisória que detalha estrutura Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos não contempla categoria
José Linhares Jr02/01/2019 às 17h50
Comunidade LGBT não terá mais protagonismo nas políticas de Direitos Humanos do Governo Federal

Medida provisória publicada nesta quarta (2) não contempla a comunidade LGBT nas diretrizes do novo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. A MP delimita à promoção dos direitos da mulher, família, adolescente, juventude, idoso, pessoa com eficiência, população negra, minorias étnicas, sociais e do índio como áreas de atuação do novo ministério.

A MP foi publicada no Diário Oficial e detalha as mudanças na estrutura do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, chefiado por Damares Alves. A MP não traz qual será a estrutura responsável pelos cidadãos LGBT.

Até o governo de Michel Temer o Ministério dos Direitos Humanos abrigava a Diretoria de Promoção dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte