Política | Novo governo

Aliados de Bolsonaro demonstram interesse em dialogar com a oposição

Em seu discurso de posse, o novo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, fez um aceno aos que divergem dos ideais bolsonaristas
02/01/2019 às 13h12
Aliados de Bolsonaro demonstram interesse em dialogar com a oposiçãoOnyx Lorenzoni falou em diálogo na festão de Bolsonaro (Lorenzoni)

Brasília - Aliados do governo Bolsonaro começam, aos poucos, a dar sinais de que topam conversar com representantes de grupos de oposição e, desta maneira, partir para a aprovação de medidas consideradas importantes.

Em discurso de posse nesta quarta-feira (2), o novo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, fez um aceno aos que divergem dos ideais bolsonaristas e disse que o novo governo tem sim a capacidade de "dialogar".

Segundo o novo líder do Governo, disputas políticas e ideológicas devem ser travadas, no entanto, com ponderação e sempre pensando no bem maior, que é a população brasileira. "É importante pedir um pacto político entre governo e oposição pelo amor ao Brasil. Não é possível que a oposição não compreenda, assim como o Governo", disse.

Para Lorenzoni, o governo Bolsonaro não recebeu um "papel em branco" e deve construir a nação mais justa com todos. O discurso de Onyx vem horas depois das primeiras palavras do atual presidente da República que, assim que empossado, disse que acabaria com o socialismo no país, afastando por ora qualquer possibilidade de diálogo com a oposição.

A fala do novo chefe da Casa Civil também é uma tentativa de colocar panos quentes na relação que promete ser tensa entre Executivo e Legislativo Federal. A pauta da previdência, por exemplo, deverá ser uma das primeiras encaminhadas ao Congresso.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.