Cidades | Réveillon 2019

Campistas aguardam a hora da virada na praia

Apesar da tradição, poucos montaram barracas na Praia do Olho d’Água este ano; alguns começaram a se preparar antes do Natal
31/12/2018

São Luís - Assistir à virada de ano na praia, contemplando o mar e a queima de fogos é uma tradição marcante nesta época do ano. Em São Luís, os campistas costumam se concentrar em maior número na Praia do Olho d’Água, mas este ano, poucos se aventuraram. O acampamento mais animado é o que reúne cerca de 40 pessoas.

O grupo ainda não está formado, mas os primeiros campistas começaram a se instalar antes do Natal. Segundo o auxiliar técnico Wallace Monteiro, um dos organizadores do acampamento, a reunião entre as famílias é uma tradição que eles mantêm há 30 anos. “As pessoas começam a chegar aos poucos e no dia 31, todos estão aqui. É uma festa e uma aventura prazerosa, que nós fazemos questão de vivenciar, todos os anos, independentemente da previsão do tempo”, disse Wallace Monteiro.

Os campistas levam tudo de que precisam para não sairem da praia: fogão, isopores com gelo, barracas de camping, mesas, cadeiras, sofás, entre outros objetos. Mas a aventura está sujeita à instabilidade da natureza. Conforme contou Wallace Monteiro, o grupo viu o acampamento quase desabar recentemente, quando uma forte ventania atingiu aquele trecho da praia.

“A água do mar subiu bastante e a ventania nos assustou, pois queria derrubar tudo. Por sorte, não perdemos nossas estruturas. Mas vale a pena enfrentar até ventania. Sentimos uma sensação de liberdade, pois estar com a natureza é algo que nos fascina”, revelou.

Na Praia do Olho d’Água, os homens da Guarda Municipal estarão a postos para acompanhar toda a movimentação na virada. No total, 21 guarda-vidas atuarão na faixa de areia, que engloba também a Praia do Caolho. De acordo com o subinspetor Orlando Neves, a equipe atuará com duas viaturas. “O movimento aqui durante o Réveillon caiu bastante nos últimos anos, talvez por causa da retirada dos bares. Mesmo assim, estaremos a postos para que tudo ocorra com tranquilidade. Nós estaremos atentos ao mar e à faixa de areia”, finalizou.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.