Esporte | Prazer, Samurai!

Sampaio goleia em amistoso e "surge" novo camisa 9

Tricolor goleia em seu primeiro amistoso da pré-temporada, o atacante Maxuell Samurai marca três vezes e deixa esperança em possível fim da “seca” de gols no ataque tricolor
30/12/2018 às 21h32
Sampaio goleia em amistoso e "surge" novo camisa 9 Maxuell Samurai disputa bola com goleiro do Santa Quitéria (De Jesus / O ESTADO)

SÃO LUÍS – Diante de um adversário frágil, o Sampaio Corrêa goleou em seu primeiro amistoso nesta pré-temporada e deixou uma boa impressão, apesar da fragilidade do oponente. Mesmo levando em consideração que o Santa Quitéria vem também de uma goleada por 6 x 0 para o Moto Club, a vitória por 6 x 1 do Tricolor, na manhã deste domingo (30), no estádio Castelão, é bem significativa, principalmente por ter como principal atrativo os três gols de Maxuell Samurai, contratado para superar o baixo aproveitamento dos centroavantes desta temporada. É cedo para falar que o Tricolor achou o seu “camisa 9”, mas fato é que a primeira impressão foi muito boa.

Se neste ano a torcida do Sampaio sofreu com a falta de gols, principalmente na Série B, tanto que o time teve um dos três piores ataques da competição, parece que em 2019 esse problema pode ser resolvido. Nesta temporada, o centroavante Uilliam Barros marcou 17 gols, foi o artilheiro da equipe, no entanto, nunca caiu nas graças da torcida e de nenhum dos treinadores que passaram pelo clube, sempre alternou entre titularidade e banco de reservas, principalmente por causa da sua inconstância. Mas se o jovem Ulliam foi mal, os outros postulantes ao cargo de “homem gol” foram ainda piores. Jheimy e Carlão marcaram apenas duas vezes cada, desempenho muito ruim. O vice-artilheiro do ataque foi Bruninho – que marcou cinco vezes —, mas atuou mais pelas beiradas.

Pois bem, os três gols de Maxuell Samurai, que não usa mais o seu famoso “coque samurai”, deixou a torcida bem empolgada, mas é bom lembrar que se trata apenas de um jogo-treino, e contra uma defesa extremamente frágil, que levou 12 gols em dois jogos. Mas, se a primeira impressão é a que fica, como diz o ditado, vale apena acreditar que a Bolívia Querida pode ter encontrado o seu tão sonhado “matador”.

Vestindo a camisa 9, Maxuell fez dois gols logo no primeiro tempo do jogo, aos 24 e 35, apresentado o seu cartão de visitas. O Santa Quitéria diminuiu em jogada de escanteio, mas o volante João Felipe ampliou no último lance da etapa inicial: 3 x 1 para o Sampaio. Na etapa final, o técnico Flávio Araújo fez várias alterações na equipe titular, mas o camisa ainda deixou o seu terceiro tento no confronto, antes de sair para a entrada de Lucas Bacelar. Marconi fez o quinto e Rômulo fechou a goleada do time da casa.

Segundo o técnico Flávio Araújo a tendência é que o Sampaio faça mais dois amistosos antes do início da temporada 2019. O elenco tricolor se reapresenta nesta segunda-feira (31), para um trabalho de recuperação muscular e, logo me seguida, ganha folga para as festas de fim de ano.

Neste amistoso, Flávio Araújo teve oportunidade de ver em campo dois goleiros do elenco, Rodrigo Santos e Rodrigo Carvalho, assim como o atacante Edgar, umas das esperanças de gols para a torcida, apesar de vir de um ano de inatividade. Alguns atletas que também eram aguardados pela torcida, casos do meia Eloir e o atacante Bruninho, não foram relacionados para o confronto.

O primeiro jogo oficial do Sampaio no próximo ano será diante do Ceará pela Copa do Nordeste. O duelo acontece no próximo dia 17, na Arena Castelão, às 20h, em Fortaleza-CE. O time do CT José Carlos Macieira jogará também na próxima temporada o Campeonato Maranhense, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da Série D.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte