Estado Maior | COLUNA

Comunicação x comunicação

24/12/2018

O presidente eleito Jair Bolsonaro comemorou, na semana passada, a redução do orçamento da Secretaria de Comunicação (Secom), vinculada à Presidência da República, de R$ 277 milhões para R$ 150 milhões. Um corte de aproximadamente 45%.
Bolsonaro ainda deixou claro que revisará contratos e reavaliará o quadro de pessoal da Secom “a fim de reduzir ainda mais o orçamento para 2020”.
Com estrutura e atribuições infinitamente maiores, a Comunicação do Governo Federal consumirá pouco mais que o dobro da Comunicação do Governo do Estado do Maranhão, que teve reforço no orçamento.
Há pouco mais de uma semana, a base aliada do governo aprovou Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2019 com garantia de R$ 63,5 milhões para a Secretaria de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap).
Desse valor, ainda de acordo com a peça orçamentária, R$ 20 milhões estão reservados à “Divulgação das Ações Governamentais”; outros R$ 6 milhões para a “Realização e Promoção de Eventos”; R$ 4 milhões para “Publicidade de Atos Legais”; e, ainda, R$ 8 milhões para “Assessoria de Comunicação”.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte