Esporte | Bolívia começa a largada para 2019

Sampaio se reapresenta para apagar má imagem do fim da temporada

Time se reapresenta hoje (10) às 15h e deverá apresentar caras novas na comissão técnica e no elenco
Thiago Bastos / O Estado 10/12/2018 às 00h24
Sampaio se reapresenta para apagar má imagem do fim da temporadaTécnico Flávio Araújo deverá ser apresentado nesta segunda

O Sampaio Corrêa, de acordo com a assessoria do clube, se reapresenta hoje (10), às 15h (por uma opção de última hora da comissão técnica) no Centro de Treinamento José Carlos Macieira, visando a temporada 2019. O objetivo é apagar a má impressão deixada na campanha da Série B deste ano, quando a equipe boliviana foi rebaixada e teve desempenha abaixo da crítica. Além de Flávio Araújo (em sua quarta passagem pela equipe maranhense), novidades no elenco também serão apresentadas.

Dentre elas, a expectativa é que o atacante Edgar se apresente e seja um dos reforços para melhorar o rendimento do ataque do Sampaio, que sofreu este ano com a falta de opções para o “matador”, ou seja, para o finalizador de área. Oficialmente, até o fechamento desta edição, o Sampaio ainda não havia adiantado quais reforços seriam incorporados ao elenco.

O Sampaio terá pouco mais de um mês para se preparar. O primeiro jogo da equipe em 2019 está marcado para o dia 17 de janeiro, fora de casa, contra o Ceará pela fase de grupos da Copa do Nordeste. A estreia no Maranhense está marcada, de acordo com a Federação Maranhense de Futebol (FMF), para o dia 20 de janeiro às 15h contra o São José.

O início do calendário boliviano será extenso já que em treze dias (entre os dias 17 e 30 de janeiro deste ano), o Sampaio jogará cinco vezes. A ideia é que o técnico Flávio Araújo tente, ao mesmo tempo, encontrar um time-base e mesclar titulares e reservas para que o elenco não sofra de cara com a sequência de jogos.

Na Série B

O Sampaio Corrêa –que terminou a sua campanha na Série B deste ano com uma derrota no dia 24 do mês passado para a equipe do Criciúma por dois a zero – foi a segunda equipe que mais perdeu na competição deste ano. A Bolívia somente foi superada no quesito pelo Boa Esporte. No total, o time maranhense saiu derrotado vinte vezes (mais do que um turno interno do campeonato). Visando melhores resultados, o Sampaio começa a pensar na temporada 2019 e deve iniciar os trabalhos para o ano que vem no próximo mês (inicialmente no dia 10).

Além do péssimo desempenho nos resultados, o Sampaio também esteve com a mira desregulada. O time foi o terceiro pior no quesito ataque na Série B, com apenas 32 gols marcados.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte