Polícia | Em família

Mãe e filho são presos suspeitos de tráfico de drogas em Timon

Com eles, a polícia apreendeu uma porção de cocaína, duas balanças, uma pistola calibre 380 e 16 munições intactas; também em Timon, dona de bar é presa com droga
Daniel Júnior 05/12/2018
Mãe e filho são presos suspeitos de tráfico de drogas em TimonFrancisca das Chagas também foi presa vendendo droga em Timon (Traficante)

Timon – Maria dos Milagres Sena Rosa, de 51 anos, e Antônio Kelson Sena Rosa Feitosa, de 32 anos, mãe e filho, foram presos em flagrante, durante a manhã de ontem, suspeitos de tráfico de drogas, em Timon, a 450 km de São Luís. Com eles, a polícia encontrou uma porção de cocaína, duas balanças, uma pistola calibre 380 e 16 munições intactas.

De acordo com a polícia, Kelson é considerado foragido do Complexo Prisional de Pedrinhas, pelos crimes de homicídio, praticado no ano de 2002, e tráfico de drogas. Ele foi preso na Rua 10 do bairro Parque Alvorada. Já a sua mãe, Maria dos Milagres, foi presa em uma casa situada na Rua 06 do bairro Cidade Noca I, onde, segundo policiais, ela utilizava para comercializar as substâncias entorpecentes ilícitas que eram repassadas pelo filho.

Policiais militares informaram que ao chegar na residência, Maria dos Milagres arremessou a droga (crack) para dentro de uma fossa. Com ela, policiais ainda apreenderam uma quantia em dinheiro. Os suspeitos foram encaminhados à Central de Flagrantes de Timon.

Mais casos:

Francisca das Chagas Carvalho, conhecida por “Chaguinha”, de 47 anos, foi presa ontem em Timon, suspeita de traficar drogas em seu bar, situado no bairro Parque Alvorada, em Timon. A polícia encontrou no estabelecimento 53 trouxas de maconha, crack, cocaína e uma quantia de R$ 125,00. De acordo com a polícia, a prisão ocorreu, após diversas denúncias e, quando a viatura policial chegou no local, usuários de drogas se dispersaram.

O que é o Tráfico de drogas:

O tráfico de drogas é caracterizado pela venda de substâncias ilícitas, sendo, portanto, uma atividade ilegal. O faturamento obtido através da venda dessas substâncias é extraordinário, conforme estudo realizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) estima-se que a renda anual de drogas ilegais seja de 400 bilhões de dólares, correspondendo a aproximadamente 8% do comércio internacional, superando a indústria automobilística e a atividade turística no Brasil.

Fonte: brasilescola

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.