Polícia | Sequestro

Suspeito de sequestro em São Paulo está preso em Pedrinhas

A jovem e sua bebê haviam sido supostamente sequestradas da cidade de Pilar do Sul, no interior de São Paulo e estavam desaparecidas desde o dia 03 de novembro
Daniel Júnior 04/12/2018

São Luís – Estão alojadas em um abrigo em São Luís a jovem Taina Queiroz, de 18 anos, e a filha dela, de 08 meses, que haviam sido supostamente sequestradas da cidade de Pilar do Sul, no interior de São Paulo, por um homem identificado como Luís Fernando Lourenço, que, suspeito do sequestro, foi preso no bairro do Calhau, na capital maranhense, na última sexta-feira, dia 30, conforme confirmou a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA).

Luís Fernando Lourenço foi preso em cumprimento de um mandado de prisão expedido pela Justiça de São Paulo pelo crime de estelionato. De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), a prisão ocorreu pouco depois dele ter sido reconhecido enquanto comprava comida perto de uma pousada na Praia do Calhau, em São Luís, onde estava hospedado com Taina e a criança.

Histórico:

Taina e a bebê não eram vistas pela família desde o dia 03 de novembro em Pilar do Sul, cidade do interior de São Paulo onde elas moram. O marido da jovem, Raul Kennedy da Silva, de 19 anos, registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento, mas suspeitava que o ex-patrão, Luís Fernando Lourenço, tinha sequestrado as duas.

Durante a investigação, o caso foi tratado como subtração de incapaz. A polícia do Maranhão disse que após a prisão de Luís Fernando, Taina foi na delegacia e disse que estava em São Luís com a lha por vontade própria. Em um vídeo, a jovem aparece conversando e dizendo que estava bem.

Luís Fernando está preso no centro de triagem do Complexo de Pedrinhas desde o sábado, dia 1°, onde aguarda pelos trâmites legais para em breve, ser transferido para São Paulo. A jovem e a criança também serão levadas para o interior paulista.

Sumiço:

O desaparecimento foi registrado no dia 3 de novembro. O marido da jovem conta que viajou a trabalho para Castilho (SP) e, quando retornou para casa, não encontrou mais a esposa e a filha.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.