Polícia | Desaparecida

Jovem desaparece após sair para vender “sucão”

Kassiane, de 25 anos, está desaparecida desde o domingo dia 11 de novembro quando saiu de casa para comercializar o produto em frente a uma escola
Daniel Júnior 04/12/2018
Jovem desaparece após sair  para vender “sucão”Kassiane da Silva Salazar que desapareceu há 22 dias, na Raposa (Kassiane)

Raposa – Kassiane da Silva Salazar, de 25 anos, está desaparecida desde o segundo domingo de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), dia 11 de novembro, quando saiu de casa para comercializar “sucão” em frente à Unidade Integrada (UI) Santo Antônio, na Raposa, cidade na Grande São Luís. De acordo com o pai de Kassiane, a jovem fazia tratamento para largar o vício das drogas.

“A minha filha estava fazendo tratamento para largar de vez os vícios das drogas. Ela disse que estava saindo de casa para vender ”sucão” em frente a Unidade Integrada Santo Antônio, onde seria aplicada provas do Enem. Ela vendia também na praia. Daqui a pouco faz um mês e não temos nenhuma notícia dela. Kassiane fez isso uma vez, mas não passou tanto tempo. Estamos muito preocupados. Ela nem celular levou”, afirmou Raimundo Nonato Salazar, pai da desaparecida.

O pai da jovem registrou um Boletim de Ocorrência no Plantão das Cajazeiras, no centro de São Luís. “Minha filha, volte para casa. Estamos todos preocupados com você. Mande notícias para nós. Não vamos descansar enquanto você não aparecer. Volte para continuar seu tratamento”, finalizou Raimundo Nonato Salazar.

Caso alguém encontre Kassiane da Silva Salazar, pode acionar a polícia ou ligar nos números de contatos do pai e da irmã da jovem: (98) 99975.6177, (98) 98539.8804 e (98) 98474.4303.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.