Cidades | Campanha

Com estoque de sangue abaixo do ideal, Hemomar reforça pedido de doações

Banco conta, atualmente, com 51% a menos do que seria adequado; centro tenta atrair novos doadores durante campanhas realizadas no estado
Monalisa Benavenuto / O Estado23/11/2018
Com estoque de sangue abaixo do ideal, Hemomar reforça pedido de doaçõesDoação de sangue no Hemomar; ação pode salvar muitas vidas (sangue)

SÃO LUÍS - O estoque de sangue é insuficiente para suprir as necessidades de demanda no Centro de Hematologia do Maranhão (Hemomar). Em busca de atingir o nível ideal, o centro se mantém em permanente campanha para atrair doadores. Nos próximos dias, em alusão ao Dia Mundial do Doador Voluntário de Sangue, celebrado neste domingo (25), ações serão reforçadas na capital e interior.

Atuando com cerca de 51% do estoque ideal, o Hemomar intensifica pedido de doações, principalmente no período de fim de ano, quando a demanda se torna ainda maior. De acordo com Francinete Araújo, assistente social do setor de capitação do centro, as equipes já iniciaram ações em busca de capitação de doações.

“Iniciamos o envio de cartas aos doadores cadastrados, chamando-os para que voltem a fazer doações, principalmente aqueles com a tipagem ‘O’ negativo, os chamados doadores universais, pois são os mais solicitados nos hospitais devido a essa possibilidade de atender aos diversos tipos sanguíneos”, destacou.

Para atender de forma efetiva às demandas por plaqueta, plasma, crio e hemácia, o Hemomar precisaria receber, por dia, entre 280 e 300 bolsas, no entanto as doações não passam de 150 a 180 por dia, fato que preocupa a equipe de capitação que se dedica no atendimento de doadores para que tornem o ato frequente.

“Quem já tem o costume de doar, sabe da importância deste ato, por isso tentamos atender de forma ainda mais completa aqueles que vêm pela primeira vez, acolhendo-os bem, tirando dúvidas, esclarecendo mitos para que ele saia daqui satisfeito, retorne e torne-se um multiplicador lá fora”, explicou Francinete Araújo.

Como é o caso do eletricista Hélio Sousa, que após a primeira doação, há cerca de seis anos, tornou-se um voluntário frequente do centro. “Já nem lembro quantas vezes direi nesse período, porque venho sempre que posso. É uma sensação muito boa saber que podemos ajudar outras pessoas”, contou.

Entre os requisitos para ser um doador de sangue, o principal diz respeito à saúde: é preciso apresentar taxas de glicemia, pressão arterial e peso em boas condições. Também é importante que o potencial doador não esteja utilizando alguns medicamentos como analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos para que possa concretizar o ato.

Essa foi a razão para que o técnico em manutenção, Daniel Gomes, se mantivesse longe da ala de doações do Hemomar, enquanto realizava um tratamento contra alergia, mas desde que a saúde se restabelecer, retornou à atividade.

“Eu queria poder doar mais vezes. Precisei passar quase sete anos sem doar, mas agora eu consegui voltar porque sei que sangue é algo que pode salvar vidas e para mim acaba sendo muito prazeroso. Tento sempre incentivar meus amigos e sempre digo, àqueles que tem um certo medo, que é praticamente indolor e não vai fazer falta para a gente e ao mesmo tempo pode ajudar muitas pessoas” ressaltou.

Campanhas
Com o intuito de atrair novos doadores, o Centro de Hematologia conta com parcerias com instituições públicas e privadas de diversos pontos de São Luís e do interior do estado para promover campanhas de doação. Confira as ações programadas:
23 e 25/11 - Halleluya - Praça Maria Aragão;
24/11 - Paróquia Nossa Senhora de Nazaré - Cohatrac;
28 e 29/11 - Hospital Regional de Morros - Morros.

Como doar
Empresas e comunidades interessadas em fazer a coleta externa precisam solicitar o agendamento com antecedência na coordenação de coleta externa, através do telefone 3216-1124.

Outra modalidade é o atendimento de grupos no hemocentro, quando a empresa não tem o quantitativo suficiente para justificar o atendimento externo. O agendamento em grupo pode ser feito pelo telefone 3216-1134.

O Hemomar funciona na Rua 5 de Janeiro, s/n, Jordoa, em São Luís. O atendimento acontece de segunda a sexta, das 7h às 18h. Aos sábados o atendimento é das 7h às 12h.

Requisitos
Para o público em geral são condições para doar sangue:
Estar em boas condições de saúde.
Ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos precisam de autorização).
Pesar no mínimo 50 kg.
Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).
Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).
Não ter ingerido bebida alcoólica 12 horas antes da doação.
Apresentar documento oficial com foto.

Números
1,8%
da população doa sangue no Maranhão. Para ajudar a quem precisa, seria necessário que 5% da população maranhense fosse doadora. Tudo começa na recepção do Centro, onde pessoas entre 18 e 69 anos que querem doar sangue são cadastradas.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte