Alternativo | Literatura

Amor e exaltação a Itapecuru-Mirim em obra literária

Livro “O Itapecuru de Zuzu Nahuz”, organizado pelo presidente da Academia Maranhense de Letras, Benedito Buzar, será lançado hoje, às 19h, durante o Café Literário da Feira do Livro de São Luís, no Multicenter Sebrae
21/11/2018
Amor e exaltação a Itapecuru-Mirim em obra literáriaCapa do livro sobre Zuzu Nahuz (Livro sobre Zuzu Nahuz)

SÃO LUÍS - O livro “O Itapecuru de Zuzu Nahuz”, organizado pelo presidente da Academia Maranhense de Letras (AML), Benedito Buzar, será lançado hoje, às 19h, durante o Café Literário da Feira do Livro de São Luís, no Multicenter Sebrae. A obra foi lançada oficialmente em Itapecuru-Mirim, no dia 20 de outubro, por ocasião de sua “I Festa Literária”.

Segundo Benedito Buzar, o “O Itapecuru de Zuzu Nahuz” reúne crônicas do jornalista Raimundo Nonato Coelho Nahuz, o Zuzu Nahuz, que era de Itapecuru-Mirim e construiu uma brilhante carreira jornalística, mesmo com sua limitação física (ele perdeu a visão aos 12 anos de idade). Trata-se de um exemplar de amor e exaltação a Itapecuru-Mirim.

“Na verdade, essa publicação estava programada para sair no mês de julho, por ocasião do centenário de nascimento de Zuzu Nahuz, mas acabou sendo lançada no mês passado, naquela cidade. É uma leitura que traz a lume uma realidade do interior do Maranhão, no começo do século passado, com seus costumes, eventos, comportamento da sociedade, entre outras coisas. É um retrato da sociedade maranhense como um todo, nos anos 1930”, destaca Benedito Buzar, acrescentando que a obra ressalta a figura de um jornalista com um vitoriosa trajetória, apesar de sua limitação física.

Conforme o livro, Zuzu Nahuz começou sua trajetória pelo jornal “O Combate” e, depois, fundou “O Correio do Nordeste”, com tiragem mensal, inicialmente, e depois, quinzenal e semanal. “Mas quando o jornal passaria a circular diariamente, o projeto foi interrompido, pois Zuzu Nahuz faleceu, lamentavelmente”, diz Benedito Buzar.

“O Maranhão perdeu um jornalista de fibra, que lutou contra as adversidades físicas e financeiras, mas conseguiu superá-las graças a sua força de vontade e o desejo de ser um homem que fazia questão de prestar bons serviços à sociedade, ser amigo dos amigos, um exemplo de vida à família e ter orgulho de nascer numa terra como Itapecuru”, escreve Buzar no prefácio.

De acordo com o economista, especialista em Desenvolvimento Rural Sustentável e membro da Academia Itapecuruense de Ciências, Letras e Artes, Josemar Sousa Lima, foi no Correio do Nordeste que Zuzu Nahuz publicou as suas crônicas e artigos, nos quais lembrava os tempos idos e vividos na cidade em que nasceu, considerados inesquecíveis e marcantes em sua curta, mas rica existência. “Todo aquele acervo jornalístico foi, felizmente, resgatado pelo nosso conterrâneo, jornalista Benedito Buzar, que o selecionou e inseriu neste livro”.


Serviço

O quê

Lançamento do livro ‘O Itapecuru de Zuzu Nahuz”

Quando

Hoje, às 19h

Onde

Café Literário da Feira do Livro de São Luís (Multicenter Sebrae)

Preço do livro : R$ 30,00

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.