Economia | Capacitação

Senac atenderá municípios da Baixada com novo Centro de Educação Profissional

Orçada em R$ 6 milhões, unidade que está sendo construída no município de Pinheiro deve ser entregue em agosto do próximo ano, e terá capacidade para atendimento de 855 alunos por dia
17/11/2018

Pinheiro - Saúde, beleza, gastronomia, informática e muitas outras áreas serão a grande novidade dos cursos ofertados no município de Pinheiro já no ano de 2019. Isso porque a cidade, que é polo na Baixada Maranhense, vai receber um moderno Centro de Educação Profissional do Senac, com capacidade de atendimento de 855 alunos por dia. A previsão de entrega da obra é agosto do próximo ano.
O diretor Regional do Senac no Maranhão, Ahirton Lopes, esteve no local vistoriando o andamento da construção, em companhia dos membros do Conselho Regional do Senac, Manoel Barbosa, José Pereira Santana e William Ribeiro, e do engenheiro do Senac, Luís Felipe Borges. A obra já avança, com 56% de realização, e foi vistoriada pelos gestores, que observaram detalhes da construção nos pavimentos, material utilizado na obra, dentre outros aspectos.
“Tivemos uma excelente aceitação do município, que consideramos um local central para atender todos os municípios circunvizinhos. Estamos absolutamente esperançosos de que tenhamos muito sucesso, assim como temos em outros municípios”, destacou o Ahirton Lopes. Pinheiro é considerada a cidade mais progressista da Baixada Maranhense, servindo como polo comercial e demais atividades dos mais de 20 municípios que integram esta região.
Ao todo, serão 2.813,40 m² de área construída e pouco mais de R$ 6 milhões investidos pelo Senac em um Centro com salas de aula convencionais, laboratório de beleza, laboratório de multiprocedimentos, laboratórios de software e hardware, laboratório de cozinha, laboratório de modelagem (corte e costura), laboratório de telemarketing, auditório reversível, biblioteca, área de convivência, entre outros espaços pedagógicos.
O Centro é todo voltado para a acessibilidade, proporcionada por banheiros adaptados e elevador de acesso para pessoas com deficiência. A preocupação ambiental também já é realidade na construção, com estrutura própria de tratamento para a reutilização de água, e grupo gerador.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.