Alternativo | Literatura

Um olhar jornalístico sobre a sociedade em livro

Escrito por Antonio Carlos de Oliveira, o livro “Comunicação&Justiça – Dilemas da Cidadania na Sociedade Contemporânea” será lançado hoje, no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
09/11/2018
Um olhar jornalístico sobre a sociedade em livro O autor Antonio Carlos de Oliveira (Antonio Carlos)

SÃO LUÍS - Um testemunho vivo de um repórter idealista, que a partir de pesquisas e investigações jornalísticas exaustivas sobre a trajetória da democracia, analisa, com acuidade, questões pertinentes à cidadania, legislação e à aplicação no Direito. É o que propõe Antonio Carlos de Oliveira em seu livro intitulado “Comunicação&Justiça – Dilemas da Cidadania na Sociedade Contemporânea”, a ser lançado hoje, às 18h, no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho (Praia Grande), durante o projeto “Esmam Cultural”, da Escola Superior da Magistratura do Maranhão.

Na obra, Antonio Carlos de Oliveira apresenta estudos científicos de sua experiência profissional como repórter no Rio Grande do Sul, México, Colômbia, Nigéria, Senegal, Moçambique, Angola, Costa do Marfim e Zimbabwe, dialogando com o leitor e repautando temas ligados à democracia que estão na ordem do dia.

“A pertinência da obra se dá num contexto em que a tênue democracia verificada no Brasil, na Colômbia, no México e nos países do continente africano repete, grosso modo, a apartação social, econômica e política. Isso é muito grave e preocupante”, assinala o jornalista.

‘O sistema de Justiça e seus procedimentos, a organização sócio-política brasileira e outras temáticas de interesse social são abordadas com senso crítico. Os textos são dimensionados a partir de diferentes perspectivas, mostrando a inquietação de um jornalista que ainda acredita que a história política no Brasil pode ser escrita de outra forma.

Com prefácio do diretor da Escola Superior da Magistratura do Maranhão, desembargador Paulo Velten, e apresentação do jornalista e membro da Academia Maranhense de Letras Félix Alberto Lima, o livro abre a discussão sobre a cidadania ativa no país, mostrando como se encaixa o jornalismo na engrenagem do sistema democrático.

Dilemas - Opinando sobre a obra, o desembargador Paulo Velten afirma que os chamados “dilemas da cidadania” são abordados pelo jornalista Antonio Carlos sob variados espectros, que vão das reformas político-partidárias-legislativas à visão renovada de velhos institutos jurídicos, passando pela complexa temática da judicialização da vida de relações, sem descurar das polêmicas questões sociais e de gênero.

“Em todos os artigos, porém, há um ponto em comum: as opiniões do autor são expostas com a clareza, a objetividade e a coragem forjada na prática jornalística de 40 anos de atividade profissional. O livro, portanto, celebra a maturidade desse inquieto pensador e constitui seu importante contributo para o exercício mais consciente da cidadania.

Félix Alberto Lima diz que o livro de Antonio Carlos é, em verdade, uma oportuna agenda de temas caros à sociedade brasileira, em artigos lúcidos e bem delimitados que não se perdem no tempo e no espaço, com o autor evitando a análise rasa para enveredar em assuntos complexos. “Jornalista de formação, Antonio Carlos de Oliveira escreve com conhecimento de causa sobre matérias menos objetivas que o jornalismo: ora empunha a pena como um verdadeiro operador do Direito, ora expõe suas ideias como um cientista político na infalível tarefa de esmiuçar o tecido social do Brasil”, ressalta Félix Alberto.

Antonio Carlos de Oliveira é formado em Jornalismo e Direito pela Unisinos (Rio Grande do Sul). Tem Mestrado em Jornalismo Científico pela Universidade de Puebla (México) e Especialização na Universidade Javeriana de Bogotá (Colômbia). Iniciou a carreira como jornalista em Porto Alegre e trabalhou como repórter na Nigéria, Costa do Marfim, Senegal, Angola, Moçambique e Zimbábwe. Foi assessor de Imprensa na CNBB (Conf. Nacional dos Bispos do Brasil) e da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Trabalha atualmente como jornalista no Tribunal de Justiça do Maranhão, onde exerce o cargo de assessor-chefe de comunicação da Presidência da Corte.

Galeria

Neste ano, integrarão a “Galeria Prata da Casa” do “Esman Cultural”, nove trabalhos de fotografia, seis participantes da área musical, duas composições poéticas e três exposições de artes plásticas, entre outras manifestações culturais. O colorido e animação do Grupo Lamparina dará o tom do evento. Com repertório de canções de compositores da música popular brasileira, especialmente a maranhense, o grupo apresentará espetáculo dançante aberto ao público, no encerramento.

Serviço

O quê

Lançamento do livro “Comunicação&Justiça – Dilemas da Cidadania na Sociedade” Contemporânea”

Quando

Hoje, às 18h

Onde

Centro de Criatividade Odylo Costa, filho (Praia Grande)

Entrada franca

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.