Política | Eleição suplementar

Bacabal: equipe de marketing teve papel fundamental

Inovação e equilíbrio entre a modernidade e a tradição na comunicação fizeram a diferença
03/11/2018

A eleição suplementar no município de Bacabal (250 km de São Luís) terminou com a vitória do candidato Edvan Brandão (PSC), de 44 anos, que obteve 23.355 votos, o equivalente a 50,49%. Dos demais candidatos derrotados, aquele que conseguiu a votação mais próxima do vencedor foi César Brito (PPS), que ficou com 45%. Para analistas eleitorais, a equipe de marketing do prefeito eleito teve papel fundamental na vitória.
A disputa na importante cidade maranhense foi palco de duas maneiras bem distintas de fazer campanha política. Prevaleceu a inovação, o baixo custo, o destaque para a identidade do candidato e técnicas como o visagismo, que fizeram a diferença. A marqueteira política Cyntia Freitas, responsável pela campanha, ressaltou que um dos desafios foi a superação. “Em Bacabal, não foi apenas mais uma campanha vitoriosa, mas uma campanha histórica. Com certeza vai marcar a vida de todos que participaram. Era uma guerra de Davi contra Golias", salientou.
Cyntia Freitas destacou que a estratégia foi explorar o equilíbrio entre a modernidade dos novos meios de comunicação e os tradicionais, além de ações de marketing direto, marketing de guerrilha. "Utilizamos tudo o que há de tradicional e atual nas ferramentas de marketing eleitoral para eleger Edvan Brandão, inclusive com o uso do visagismo e colocando em prática todos os ensinamentos do Guru Suh Tzu", concluiu.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.