Política | STF

Supremo confirma decisão favorável a universidades

Ministros confirmaram decisão liminar concedida por Cármen Lúcia às vésperas das eleições; ministros criticaram a tentativa de evitar pensamentos críticos
01/11/2018

BRASÍLIA - A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou ontem a suspensão dos efeitos de ações policiais e judiciais realizadas na semana passada dentro de universidades.
Os ministros consideraram que as medidas feriram a liberdade de expressão de alunos e professores e rechaçaram quaisquer tentativas de impedir a propagação de ideologias ou pensamento dentro dos estabelecimentos de ensino.
A decisão referenda liminar (decisão provisória) concedida no último sábado (27), véspera do segundo turno da eleição, pela ministra Cármen Lúcia a pedido da procuradora-geral da República (PGR), Raquel Dodge.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.