Geral | Transporte urbano

SET: reajuste salarial somente será concedido com aumento de tarifas

Reivindicação dos rodoviários depende do aumento de 30% nas passagens; caso seja definido esse índice, a tarifa mais cara no sistema de transporte passará para R$ 4,00
Thiago Bastos / O Estado 31/10/2018

SÃO LUÍS - O reajuste salarial exigido pelos motoristas, cobradores de ônibus e fiscais depende, de acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET), de um aumento no valor das passagens de, pelo menos, 30%, o que levaria a tarifa mais cara ao valor de R$ 4,00. A constatação, de acordo com os empresários do setor de transporte da capital, tem como base os custos com folhas de pagamento, gratuidades e manutenção da frota de veículos.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.