Geral | Insatisfação

Com salários atrasados, médicos ameaçam parar atendimentos

Profissionais de saúde foram convocados para assembleia geral, hoje 31, pelo Sindicado dos Médicos e pelo Conselho Regional de Medicina
31/10/2018

SÃO LUÍS - Médicos contratados pelo governo Flávio Dino (PCdoB) ameaçam suspender os atendimentos em protestos contra o atraso de salários. Os profissionais de saúde decidirão sobre a possível paralisação nesta quarta-feira,31, em assembleia geral extraordinária, no auditório do Conselho Regional de Medicina (CRM-MA), no Jardim Renascença.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.