Vida | Saúde

Queda no número de fumantes comprova: é possível parar

O glamour e o status social outrora associados ao ato de fumar vão, cada vez mais, sendo deixados de lado pelo brasileiro; em 2017, foram registrados no Brasil 478 mil infartos e internações por causa de doenças cardíacas
30/10/2018

O glamour e o status social outrora associados ao ato de fumar vão, cada vez mais, sendo deixados de lado pelo brasileiro. O Ministério da Saúde revelou dados inéditos que demonstram um recuo de 36% na frequência do consumo do tabaco entre os fumantes nas capitais brasileiras. Os consumidores de tabaco caíram de 15,7%, em 2006, para 10,1% em 2017.
As informações são da pesquisa Vigitel 2017 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), feita por telefone nas 26 capitais e Distrito Federal com 53.034 entrevistas. Para quem quer parar de fumar, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece tratamento gratuito para os tabagistas.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.