Cidades | Direito

Portaria que restringe rituais afro é revogada pelo Governo

Pais e filhos de santo e demais seguidores das religiões afros demonstram insatisfação e alegaram estarem sendo marginalizados com a interferência do governo em seus cultos
Esaú Clêmer /Especial para O Estado27/10/2018

Foi revogada na manhã desta sexta-feira, 26, a Portaria de Nº 620/2018 - GAB/SSPMA, ratificada em 6 de setembro deste ano pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) que regulamenta o dispositivo constitucional, permitindo o exercício de cultos de matrizes africanas no Maranhão, desde que não contrariem a ordem pública e os bons costumes. A portaria foi ratificada e divulgada no Diário Oficial, no mês de setembro deste ano, pelo Governo do Maranhão, e só foi revogada a pedido da Federação de Umbanda e Cultos Afro-Brasileiros do estado, após o atentado contra um terreiro de umbanda, ocorrido no início de setembro, no bairro Sá Viana. Outro ponto considerado pela federação é a violação de suas liberdades religiosas com a execução da portaria.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.