Polícia | Condenação

Assassino de servidor do Ministério Público está em Pedrinhas

Sávio Gomes é acusado de ter assassinado e roubado André Arouche, no bairro do Bequimão, em dezembro do ano passado. Ele estava em companhia de um adolescente
27/10/2018

SÃO LUÍS- O criminoso Sávio Gomes Fonseca ainda na sexta-feira, 26, estava preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. No último dia 23, ele foi condenado a 27 anos, oito meses de reclusão e 23 dias pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte), que teve como vítima o servidor do Ministério Público (MP) e professor universitário, André Arouche Fontoura, de 36 anos. O crime ocorreu em plena tarde do dia 29 de dezembro do ano passado, na avenida Jerônimo de Albuquerque, no Bequimão.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte