Esporte | Série B

Restam seis jogos para o Sampaio tentar se livrar do rebaixamento

Equipe voltou a perder na competição depois de três jogos de invencibilidade e retornou para a zona de rebaixamento
22/10/2018
Restam seis jogos para o Sampaio tentar se livrar do rebaixamentoMarcinho Guerreiro (marcinho h)

O Sampaio Corrêa tem exatos seis jogos para tentar livrar-se do fantasma do rebaixamento na série B do Campeonato Brasileiro. A equipe comandada pelo técnico Marcinho Guerreiro perdeu no último sábado para o Londrina, no estádio Castelão, e voltou a ocupar a ‘zona da degola’, após ter conseguido ‘respirar’ por uma rodada.

Com a derrota por 2 x 1 o tricolor maranhense caiu da 16ª para a 17ª posição na tabela. O Londrina, por sua vez, ficou na 7ª posição.

O Sampaio volta a campo na próxima sexta-feira, às 20h30, no estádio Alfredo Jaconi, no Rio Grande do Sul, para enfrenar o Juventude. A partida será válida pela 33ª rodada.

Além do Juventude, o tricolor maranhense ainda terá de enfrentar o CSA [dentro]; Goiás [fora]; São Bento [dentro]; Boa Esporte [dentro] e Criciúma [fora].

Antes de perder para o Londrina e retornar para a zona de rebaixamento, o Sampaio comemorava uma sequência de três jogos de vencibilidade. Havia empatado fora de casa contra o Oeste e vencido o Figueirense [dentro] e o Atlético-GO [fora].

Reclamação - Logo após a última rodada o técnico Marcinho Guerreiro, reclamou de um possível erro de arbitragem na não marcação de um pênalti.

No lance apontado pelo técnico tricolor, Danielzinho foi empurrado dentro da área por um defensor adversário. O arbitro, contudo, nada marcou.

“É um jogo onde tivemos várias oportunidades. Ali foi pênalti e bagunça o trabalho de uma semana. Os jogadores estão de parabéns e ainda depende só de nós. Temos mais seis jogos e precisamos de tranquilidade para trabalhar. Tivemos oportunidades. Agora temos que correr atrás para buscar o resultado contra o Juventude”, disse.

Marcinho prometeu empenho do Sampaio nas últimas seis rodadas e afirmou que o objetivo é contornar o cenário até então desfavorável.

“Vamos até o fim para buscar nosso objetivo que é permanecer na Série B”, finalizou.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte