Polícia | Ação criminosa

Caminhoneiro é baleado após instalar pânico em Chapadinha

Ele teria ateado fogo em caminhão, roubado viatura da polícia, destruiu casas e tentou atirar de fuzil militares
15/10/2018

CHAPADINHA - Na tarde de ontem,14, foi transferido para um hospital de São Luís o caminhoneiro, nome não revelado, que foi baleado por militares após ter instalado o clima de pânico na cidade de Chapadinha no último sábado,13. Segundo a polícia, ele é acusado de ter ateado fogo em um caminhão no pátio de um supermercado como ainda teria roubado a viatura da Polícia Militar, danificou várias residências e tentou atirar de fuzil nos militares.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte