Cidades | Inadimplência

Prédio de UEB está com 10 meses de aluguel atrasado

Município não fez o pagamento de janeiro a junho de 2016 e de maio a agosto de 2018
Daniel Júnior / O Estado26/09/2018
Prédio de UEB está com 10 meses de aluguel atrasado Aluguel de imóvel onde funciona a UEB Ribamar Bogéa está em atraso (UEB Ribamar Bogea)

O prédio que abriga a Unidade de Ensino Básico Ribamar Bogéa, na Cidade Olímpica, em São Luís, está com o aluguel atrasado. De acordo com o proprietário do estabelecimento, que preferiu não se identificar, a Prefeitura de São Luís não fez o pagamento nos períodos que se referem a janeiro a junho de 2016 e maio a agosto de 2018, totalizando 10 meses de atraso.

“Já fiz a notificação extrajudicial de cobrança, via cartório, e vou ingressar com ação judicial de cobrança e despejo, ao mesmo tempo que lacrarei o imóvel. Desta forma, mais de 500 alunos ficarão sem aulas, pois são dois anexos conjugados do Ribamar Bogéa”, explicou o proprietário, que preferiu ter a sua identidade preservada, para não se expor.

O prédio é alugado para o Município desde o ano de 2009. Ain­da conforme o proprietário, o secretário responsável pela pasta de pagamentos disse, em 2016, que havia pago, com o intuito de desmentir a denúncia. “Entrei também com uma ação de danos morais contra a Prefeitura, porque mentiram. A diretora da escola já foi contatada e está aguardando o desfecho para providenciar o lacre da escola”, acrescentou.

A unidade de ensino continua funcionando normalmente. On­tem, O Estado constatou um movimento intenso de alunos em frente à escola. Curiosos, muitos deles acenavam para a equipe de reportagem, para saber o que estava acontecendo.
Sobre o impasse relatado, O Estado entrou em contato com a Prefeitura de São Luís, com a finalidade de obter um posicionamento. Porém, até o fechamento desta edição, nenhuma resposta foi enviada.

MAIS

De acordo com publicações de anos anteriores no site da Prefeitura de São Luís, a Unidade de Educação Básica (U.E.B.) José Ribamar Bogéa, na Cidade Olímpica, passou, em 2015, por um processo de requalificação. A reforma estrutural incluiu retelhamento, pintura e troca do forro e combate a uma infestação de pombos. Ontem, O Estado registrou que a fachada da unidade de ensino estava com uma pintura nova.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte