Polícia | Assassinato

Polícia sem pista de matadores de regueiro no Bacanga

Vítima, moradores em São Vivente Ferrer, teria vindo a São Luís participar de um evento no Aterro do Bacanga e foi encontrado morto sem um olho
25/09/2018

SÃO LUÍS - A polícia ainda ontem não havia conseguido prender os acusados da morte do proprietário de uma choperia na cidade de São Vicente Ferrer e funcionário de uma radiola de reggae, Ezequias Santos Gaspar, o Come Fogo, de 42 anos. O corpo dele foi encontrado com marcas de pauladas e sem um dos olhos na madrugada do último domingo, no Aterro do Bacanga.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte