Esporte | Série B

Estacionado na tabela, adversário do Sampaio busca reação

Duas rodadas sem vencer, o Avaí quer sair dos 42 pontos e se aproximar do G-4 da competição
20/09/2018 às 18h03
Estacionado na tabela, adversário do Sampaio busca reação Judson, volante do Avaí, esperar recuperação contra o Sampaio (JUDSON AVAÍ)

SÃO LUÍS – Estacionado nos 42 pontos, a equipe do Avaí, que ocupa a 6ª colocação na Série B, quer reencontrar o caminho das vitórias diante do Sampaio. A equipe catarinense vem de duas derrotas seguidas e espera reação. Já o time maranhense, não perdeu nas últimas duas rodadas e chega motivado para o duelo. No primeiro turno essas equipes empataram, por 1 x 1, em São Luís, na 9ª rodada.

Ainda sonhando com o G-4, os jogadores do Avaí esperam uma vitória neste sábado (22). “Os resultados em outras rodadas foram legais para a gente, mas não conseguimos fazer o dever, que era a vitória. Fazia tempo que não perdíamos dois jogos seguidos, perdemos para Paysandu e Criciúma. E mesmo com os resultados de ontem sendo bons, não adianta se não vencermos o Sampaio Corrêa no sábado. É ter tranquilidade e trabalhar o restante da semana para fazer o dever de casa”, comentou o volante Judson.

Com 24 gols sofridos, o Avaí vem sendo vazado bastante nas últimas rodadas e o volante pediu mais atenção na defesa. “A gente consegue identificar, sim, e temos trabalhado para melhorar o que temos de deficiência nos últimos jogos. O professor vai nos dar detalhes durante a semana para não voltarmos a pecar. Fazia tempo que não tomávamos tantos gols. O pessoal de trás está com a atenção redobrada para que isso não volte acontecer até o fim do campeonato”.

Com 25 pontos, o Sampaio Corrêa está na 19ª colocação na Série B e a cinco pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento, o Paysandu com 30 pontos. Já o Avaí é sexto colocado com 42 e está na briga pelo acesso. A Bolívia Querida enfrenta o Leão da Ilha, neste sábado (22), às 21h, na Ressacada, Florianópolis (SC).


Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte