COLUNA

Ação contra espionagem

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h28

A divulgação do comando do Exército, de implantar no Maranhão um centro de operações para monitorar as eleições estaduais e garantir a tranquilidade do processo de votação e apuração é uma espécie de ação de contra espionagem.
A decisão do EB se dá pouco tempo depois de vir à tona um Memorando da Polícia Militar do Maranhão exigindo de comandantes de companhias do interior “o monitoramento de adversários do governador Flávio Dino (PCdoB)” que pudessem causar para ele “embaraços eleitorais no pleito de outubro”.
Apenas por esse documento, a cúpula da PM maranhense já estaria sob suspeita para conduzir o setor de segurança das eleições maranhenses. Mas Flávio Dino foi além, e decidiu posar, ele próprio, ao lado dos principais oficiais da PMMA, todos com adesivos comunistas, deixando claro o posicionamento no processo eleitoral.
O caso é tão grave que o Exército decidiu enviar ao Maranhão nada menos que dois generais. Ao lado do comando do 24º Batalhão de Infantaria de Selva, esses generais farão o monitoramento de todas as ações, antes, durante e depois do dia da votação e apuração. É a garantia de que os adversários de Flávio Dino não correrão riscos a partir da sua “polícia política”. Até porque, em 2016, ela agiu duramente no interior.

As contas
Faltando pouco mais de três meses para o fim do mandato do governador Flávio Dino, os bastidores políticos começaram a levantar uma questão importante.
Até agora, o Tribunal de Contas do Estado jamais julgou qualquer exercício do governador comunista.
Não há parecer do TCE sobre as contas de 2015, 2016 e 2017; e o exercício de 2018 já está chegando ao fim.

Jogo duro
O senador Roberto Rocha (PSDB) decidiu engrossar o discurso na reta final da campanha contra seus dois adversários diretos - Flávio Dino e Roseana Sarney (MDB).
Ele tenta crescer nas pesquisas na reta final e polarizar a disputa, aumentando as chances de chegar ao segundo turno.
Nos programas eleitorais que começaram a ser veiculados esta semana, o discurso de Rocha é duro contra os adversários.

Indecisos
A candidata Maura Jorge (PSL) também aposta em crescer nas eleições maranhenses.
Mas ela prefere apostar em duas frentes: o vínculo com o presidenciável Jair Bolsonaro e a atração dos eleitores indecisos.
Na campanha da ex-prefeita, o cálculo é que pelo menos 30% dos eleitores ainda não definiram seus candidatos.

Eles, de novo
Os institutos de pesquisa vinculados ao Palácio dos Leões já preparam novos levantamentos para tentar colocar Dino em patamares estratosféricos.
O objetivo é plantar a sensação de larga vantagem de Flávio Dino em relação a Roseana.
O problema é que todos esses institutos - já apanhados em irregularidades - não têm qualquer credibilidade no eleitorado.

Incoerência
Os aliados e agregados do Palácio dos Leões passaram o dia de ontem atacando o instituto Ibope.
Depois da pesquisa, passaram a fazer graça, envergonhados, à empresa.
O constrangimento da turma comunista era visível, apesar da tentativa de festa.

Dossiê
A denúncia de que o marido da deputada Eliziane Gama usa três CPFs é fruto de um dossiê que circula nos meios jornalísticos há pelo menos duas semanas.
E além da denúncia contra Inácio Melo, há acusações e revelações contra a própria parlamentar.
As denúncias vêm à tona um dia depois de Eliziane ir à Polícia Federal registrar “queixa-crime” contra o que chamou de denúncias falsas.

DE OLHO

11,5% do PIB Foi a perda do Maranhão nos anos de 2015 e 2016, baixando a atividade econômica no governo Dino e gerando desemprego no estado.

E MAIS

• A fuga de dois presos perigosos, em plena luz do dia expôs a fragilidade da Segurança no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

• O clima de guerra presenciado por milhares, terça-feira, à noite, no Centro Histórico, é outro ponto que revela o fracasso da gestão de segurança de Flávio Dino.

• A campanha eleitoral entra agora na fase decisiva, faltando apenas 17 dias para o primeiro turno.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.