Geral | SEJA UM DOADOR

Estoque de bolsas de sangue opera em baixa no Maranhão

Casos como o de seu Antônio podem ser resolvidos de forma rápida com a solidariedade das pessoas
Carla Câmara / OESTADOMA.COM19/09/2018 às 11h24

SÃO LUÍS - Dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) apontam que, em média, cerca de 180 voluntários comparecem por mês ao posto de coleta do Hemomar aqui em São Luís, o que significa uma média de 6 doações por dia. No fim do mês, as bolsas de sangue arrecadadas chegam a 150 unidades. Um número pequeno se comparado com a quantidade de pessoas que necessitam de uma transfusão.

É o caso, por exemplo de Antônio Pereira Vaz, de 62 anos, apelidado carinhosamente de seu Toinho, pelos seus vizinhos na Vila São Francisco, em Açailândia, onde mora.

Depois que descobriu um problema cardíaco que faz seu coração funcionar com apenas 30% da capacidade, seu Antônio espera na fila do Serviço Único de Saúde (SUS) a oportunidade de fazer a cirurgia para corrigir a sua condição. Para isso, é preciso 10 bolsas de sangue e a família está em busca de doadores.

Casos como o de seu Antônio podem ser resolvidos de forma rápida com a solidariedade das pessoas. O que acontece em boa parte do tempo é que os estoque de bolsas de sangue operam com a capacidade reduzida. As campanhas de conscientização são intensificadas em épocas festivas, porém existem pessoas que precisam a qualquer momento.

Antônio Pereira Vaz, espera doações para que sua cirurgia seja realizada.

Para quem deseja ser um doador de sangue é necessário primeiro que a pessoa compareça a um posto de coleta da sua cidade. No Maranhão, no total existem apenas oito desse tipo. Aqui em São Luís, o posto funciona na rua 5 de janeiro, S/N no bairro da Jordoa.

Condições

Alguns requisitos precisam ser cumpridos para que a doação seja realizada.

É preciso ter entre 16 e 60 anos, pesar no mínimo 50kg, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação, estar alimentado, além de estar em boas condições de saúde. Menores de 18 anos precisam do consentimento dos responsáveis. No dia da doação, é necessário apenas a apresentação de um documento com foto.

Todas essas condições são cumpridas para a segurança da pessoa que doa e também para quem recebe. De acordo com o Ministério da Saúde, uma única bolsa de sangue pode salvar a vida de até quatro pessoas, e ajudar outros pacientes, não importando o parentesco entre o doador e quem irá receber a transfusão. No site do Ministério da Saúde várias dúvidas que podem surgir durante o processo são respondidas.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte