Cidades | Cuidados

Guarda-vidas redobram as ações na praia do Olho d’Água

Com o vento soprando forte neste mês de setembro, o risco de afogamento aumenta para quem toma banho de mar e, na faixa de areia, o problema são as águas-vivas; assaltos também preocupam banhistas
10/09/2018

SÃO LUÍS- O mês de setembro é também sinônimo de ventos fortes soprando da Baía de São Marcos e época de atenção redobrada para os salva-vidas da Guarda Municipal que atuam na praia do Olho d’Água, para onde se desloca grande quantidade de banhistas, inclusive em caravanas provindas das diversas cidades do interior do estado. Já que o mar fica revolto, a preocupação maior é evitar incidentes como afogamentos e orientar vítimas de águas-vivas, pois o vento arrasta esses animais marinhos para a faixa de areia. O local também tem sido alvo de meliantes que assaltam frequentadores desavisados, principalmente em um trecho mais deserto da praia.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte