Alternativo | No Ceará

Criolina no Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga

São oito dias de programação, somando mais de 50 apresentações para público de todas as idades e ações formativas; a dupla maranhense se apresenta no dia 5, na Mostra Nordeste do festival
02/09/2018 às 07h00
Criolina no Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga  A dupla Criolina é formada por Alê Muniz e Luciana Simões (Divulgação)

SÃO LUÍS - O grupo maranhense Criolina leva o show "Radiola em Transe" ao 25° Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga (FNT), que acontece até o dia 8 de setembro na cidade serrana do Ceará. A apresentação será no dia 5, às 20h30, na Praça do Teatro Municipal Rachel de Queiroz, como parte da Mostra Nordeste do festival. Toda a programação do FNT tem acesso gratuito.

"Radiola em Transe" é o terceiro CD da dupla Criolina, formada por Alê Muniz e Luciana Simões. São 13 faixas que dialogam com a psicodelia e sonoridades dos anos 1970. Vão do reggae do rock, do ragga à dança do lelê, entre outros gêneros e ritmos. As faixas têm autoria da dupla, duas delas em parceria com o poeta Celso Borges.

Comemorando seu jubileu de prata, o FNT escolheu contemplar os valores presentes em todas as edições do Festival e que estruturam sua via de crescimento, diversidade e diálogo plural: as artes da cena. São mais de 50 apresentações de teatro, circo, dança e música. O Festival em 2018 extrapola as convencionalidades de um evento cultural e configura-se como uma plataforma que fomenta processos de criação, reflexão e fruição artística, mecanismos de difusão e circulação e acessos à produção cênica.

Mostra

Nesta edição comemorativa de 25 anos, do FNT, uma equipe de curadores de diversas linguagens convidou grupos dos nove estados para compor a Mostra Nordeste, resultando em uma programação que abrange as artes da cena. São 11 espetáculos de teatro, circo, dança e música. São eles: “APalhassadamuzikada”, da Turma do Biribinha (AL); “Os cavaleiros da triste figura”, do Grupo Teatral Boca de Cena (SE); “Menu de heróis”, do Canteiro (PI); “A invenção do Nordeste”, do Grupo Teatro Carmin (RN); “Radiola em Transe”, do Criolina (MA); “Como manter-se vivo?”, de Flávia Pinheiro (PE); “Luzir é negro!”, do Teatro de Fronteira (PE); “A sanfonástica mulher-lona”, de Lívia Mattos (BA); “Marlene - Dissecação do corpo do espetáculo”, do grupo No Barraco da Constância tem! (CE); “Nossos Mortos”, do Teatro Máquina (CE); e “Violetas”, da Cia Violetas de Teatro (PB).

Um espetáculo da Bahia também está na mostra Ceará Convida: “Looping: Bahia Overdub”, criação colaborativa dirigida por Felipe de Assis, Leonardo França e Rita Aquino. O trabalho é resultado do agrupamento de artistas independentes, cujas trajetórias atravessam a dança, o teatro e a música. A apresentação será na noite de encerramento do FNT.

As artes da cena também se encontram na mostra Palco Ceará, com 11 espetáculos para públicos de todas as idades. Além das apresentações artísticas, o festival tem um Programa de Formação com Ciclo de Debates. As artes cênicas produzidas na serra também integram anualmente a programação do FNT, compondo a mostra Cena Plural.

Para o público infantil, além de espetáculos livres que integram a Mostra Nordeste, Palco Ceará e Cena Plural, o FNT para Crianças. O Serviço Social do Comércio (SESC/CE) é parceiro do Festival nesta programação.

DJs

As noites em Guaramiranga são frias, mas a programação musical vem a calhar com DJs e bandas para aquecer a população, artistas e público do FNT. Entre as atrações, a cantora Jord Guedes, os Tambores de Guaramiranga e a banda Os Transacionais.

Com toda a programação gratuita, o 25º Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga (FNT) é apresentado pelo Governo do Estado do Ceará/Secretaria da Cultura, numa realização da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (AGUA), com apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará/Secult, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Parceria: Prefeitura Municipal do Guaramiranga, através da Secretaria de Cultura e Secretaria de Turismo, e Theatro José de Alencar. Consultoria executiva: Quitanda das Artes.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte