Cidades | Descaso

Cansado de esperar, morador tapa buraco na Vila Ivar Saldanha

O problema já dura há mais de três meses e prejudica os comerciantes do local
OESTADOMA.COM14/08/2018 às 11h57
Cansado de esperar, morador tapa buraco na Vila Ivar SaldanhaO entulho foi colocado por moradores (Bianca Câmara / OESTADO)

SÃO LUÍS - Quem precisa passar pela rua Jorge Damous, na Vila Ivar Saldanha, precisa ter paciência, isso porque o buraco e o esgoto estourado no local obrigam motoristas e pedestres a tomarem cuidado ao passar por ali.

De acordo com moradores, o problema dura há três meses, e a solução encontrada foi tirar do próprio bolso para tentar resolver. Fábio Alex, proprietário de um estabelecimento, em frente ao buraco, relata que até mesmo acidentes já aconteceram. “Esse buraco aqui já causou vários acidentes, inclusive um atropelamento de uma senhora, eu tô tapando com o entulho que eu pedi pra colocarem”, afirma. De acordo com Fábio, o movimento no seu estabelecimento caiu devido ao problema. “Eu trabalho com alimentos, então o pessoal acaba deixando de vir por causa do mau cheiro, prejudica bastante”,diz.

Outro Problema

Próximo dali, outro buraco causa transtorno, dessa vez, em frente ao Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar). O buraco, que ocupa uma grande parte da pista e já completou mais de um ano, segundo os moradores, prejudica motoristas que podem ter prejuízos com o conserto de peças e, também, os pedestres que estão sujeitos a quedas no local.

Josivaldo Costa, que trabalha vendendo lanches em frente ao Hemomar, diz que é comum olhar cenas do descaso “Ainda agora uma senhora levou um banho de um carro que passou muito rápido”, diz.

Outro morador denuncia que o serviço já foi feito, mas o problema voltou a se repetir. “Eles vieram um dia aí, abriram o buraco e botaram um cano fininho, colocaram o entulho e não compactaram; o ônibus passa e quebra o cano”, diz Luís Henrique Costa, que trabalha próximo ao buraco.

Uma faixa de pedestre também faz parte da solicitação dos moradores “idosos, crianças, gestantes necessitam dessa passagem aqui para o Hemomar” afirma Marlison Mendes, morador do bairro. A falta de sinalização no local também deixa o trânsito problemático.

Em nota, a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), informou que dá prioridade as ruas em que o transporte público circula no bairro. Leia na íntegra.

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) informa que está trabalhando em diversos bairros da capital, por meio do programa Asfalto na Rua, visando garantir a melhoria da infraestrutura de ruas e avenidas, mas que em face da continuidade do período chuvoso o cronograma de serviços acaba sofrendo alterações. E ainda que, com a cessão das chuvas, as obras estão avançando por toda a cidade e alcançam vias que nunca tinha recebido requalificação asfáltica. A Semosp esclarece que, num primeiro momento, as obras priorizam os principais corredores viários e as ruas por onde o transporte público circula nos bairros, mas que os serviços serão estendidos para as vias internas. A Secretaria ressalta que, diariamente, realiza serviços de manutenção corretiva para corrigir deformações e fissuras nas vias, terraplanagem, construção de calçadas, contenção de erosão, desobstrução de bueiros e galerias.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte