COLUNA

Abandonado

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h29

Depois de usar seus préstimos contra adversários em todo o Maranhão, os comunistas dão mostras de que vão “deixar na mão” o blogueiro Fabrício Oliveira. Apontado em ação judicial pelo próprio Facebook como o administrador de perfis fakes contra a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), ele foi preso nesta semana, por crimes cometidos em Goiás.
Depois disso, a Secretaria de Estado da Comunicação - de onde saía o recurso, via agência de publicidade, para publicação de banners num blog de Fabrício - disse que ele não tem qualquer vínculo com o Estado.
Não é verdade. E isso pode ser facilmente comprovado.
Primeiro, porque foi o próprio blogueiro quem, numa discussão em um dos grupos do qual participa, afirmou que recebia recursos públicos para disseminar informações pró-governo e contra adversários dos comunistas. “Tiro nota da agência em nome do governo, assim como faço com a câmara (sic)… Minha nota é para o Estado, assim como tiro nota de prestação de serviços para a câmara municipal (sic)”, disse Oliveira, em maio.
Em segundo lugar, basta acessar o blog mantido por ele para se verificar que segue lá, até hoje, um banner com publicidade institucional do Governo do Maranhão. E isso é pago, via agência de publicidade, com recurso público, exatamente como ele mesmo confessou.

Fim de linha
A decisão do PT Nacional, autorizando o comando maranhense a manter o encontro estadual para o dia 27 de julho, define as coisas no partido.
Assim, os petistas reúnem-se internamente e, um dia depois, confirmam apoio à reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB) em convenção com a participação de todos os partidos da coalização comunista.
É o fim da linha para as pretensões eleitorais do sindicalista Aníbal Lins neste ano. Ele havia registrado pré-candidatura a governador pelo PT.

Esqueceram?
Duas imagens divulgadas ontem por aliados do governador Flávio Dino (PCdoB) chamaram atenção de observadores mais atentos.
São dois convites para a convenção geral dos aliados do governador: um do DEM e um do deputado estadual Fábio Macedo (PDT).
Ambos trazem as imagens de Dino e do pré-candidato a senador Weverton Rocha (PDT). Mas nenhum fez qualquer referência à deputada Eliziane Gama (PPS), também pré-candidata ao Senado.

Condenado
A Justiça Federal condenou o ex-prefeito de Viana Rilva Luís por desvio de recursos públicos repassados pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa). O caso trata de um convênio com vigência entre junho de 2006 e setembro de 2013.
Segundo denúncia do MPF, houve desvios de parte dos R$ 224 mil repassados para a construção de 95 módulos sanitários domiciliares.
Não houve a comprovação de recolhimento de tributos e o percentual de execução física do objeto, que deveria ser de 80% pelos recursos repassados, era de apenas 52,63%.

Pauta
O conselheiro Antonio Blecaute Barbosa, do TCE-MA, deve apresentar em agosto seu voto em uma ação do MPC contra anulação de dotações orçamentárias da ordem de R$ 144,9 milhões do Fepa.
O caso foi revelado com exclusividade pelo jornal O Estado, logo depois da descoberta de que o Governo do Maranhão recorreu à Justiça para sacar valores de aplicações do mesmo fundo.
Segundo informou ontem o blog Atual 7, a previsão para que o relator paute o assunto foi repassada pela assessoria da Corte de Contas.

Disputado
Às vésperas das convenções eleitorais, partidos ainda conversam sobre improváveis alianças. Nesse cenário, um dos mais cobiçados é o PP.
Segundo apurou a coluna, o senador João Alberto tenta ainda conseguir para o MDB, via articulação nacional, o apoio do partido, que é pretendido também pelo senador Roberto Rocha (PSDB).
À coluna, o presidente do PP no Maranhão, deputado federal André Fufuca, garantiu que não há conversas nesse sentido.

Direto do Palácio
A série de abusos cometidos pelo governador Flávio Dino (PCdoB) na sua pré-campanha pela reeleição teve mais um capítulo nesta semana.
Ao lado dos seus futuros companheiros de chapa, Dino transmitiu pelo Facebook um vídeo em que dissertou sobre seu governo.
O problema? A ação, nitidamente eleitoral, tomou lugar nas dependências do Palácio dos Leões, sede do Governo do Maranhão.

DE OLHO
R$ 1,9 milhão foi quanto a Secretaria de Governo do Maranhão já pagou à Heringer Táxi Aéreo pelo aluguel de aeronaves somente em 2018.

E MAIS

• O PSC segue sendo disputado pelo senador Roberto Rocha (PSDB), pela ex-governadora Roseana Sarney (MDB) e pela ex-prefeita Maura Jorge (PSL).

• A propósito, Maura Jorge ainda não descartou receber o apoio do PMN, de Eduardo Braide, além do Podemos e do PSDC.

• Nem mesmo os aliados do governador Flávio Dino contam muito com a possibilidade de eleição de Duarte Júnior como deputado estadual.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.