Cidades | Alerta

Uso de cadeirinha para transporte de crianças é alvo de ação educativa

Utilização do acessório de segurança é a forma mais eficiente de evitar lesões graves e mortes de menores em casos de acidente, conforme orientação da PRF-MA
Daniel Júnior / O Estado24/07/2018

SÃO LUÍS - Em decorrência de um grave acidente de trânsito que vitimou um bebê de 1 ano e 4 meses, na última quinta-feira, 19, na BR-135, a Polícia Rodoviária Federal no Maranhão (PRF-MA) realizou ontem uma ação educativa, em São Luís, para alertar e conscientizar os motoristas sobre a importância do uso da cadeirinha no transporte de crianças. Como simulação, um carro com os três tipos de cadeirinhas foi utilizado durante o trabalho educativo, que ocorreu na sede da instituição, no Km-2 da rodovia federal BR-135, na Vila Itamar.

Há três tipos de cadeirinhas, que são usadas de acordo com idade e estatura do menor. “Bebê Conforto” é recomendada para crianças até 1 ano. A “Cadeirinha” é apropriada para crianças de 1 a 4 anos. Já para as crianças de 4 a 7 anos e meio, o “Assento de Elevação” é necessário. Em todas as ocasiões, o uso da cadeirinha deve ser acompanhado de cinto de segurança.

“A cadeirinha é a forma mais eficaz de evitar lesões graves e mortes de menores que estejam em um veículo que venha se envolver em um acidente nas rodovias. Os pais e responsáveis pelas crianças têm que ter consciência. O uso da cadeirinha é obrigatório e está mais atrelado à educação no trânsito. Caso a PRF flagre um condutor transportando uma criança sem as devidas segurança, o motorista é notificado. O valor da multa é irrisório”, ressaltou Antônio Noberto, assessor de imprensa da Polícia Rodoviária Federal no Maranhão (PRF-MA).

Conforme dados contabilizados pela PRF-MA, três menores morreram neste ano em acidentes nas rodovias federais que cortam o Maranhão. Um caso ocorreu na BR-135, outro na BR-230 e um na 316. Em 2017, foram registrados um total de 14 óbitos de crianças em acidentes de trânsito nas BRs. Dois desses casos aconteceram na BR-010; as BRs 135, 222, 226 e 230 registraram um caso cada; seis mortes foram contabilizadas na BR-316 e duas na BR-402.

SAIBA MAIS

O acidente

Um bebê de 1 ano e 4 meses morreu, após sofrer uma lesão na cabeça durante um acidente na última quinta-feira, 19, no Km-9, na BR-135. O veículo em que a criança estava colidiu na traseira de um caminhão. De acordo com a PRF-, a colisão envolveu um Fiat Toro, cor vermelho, de placa PSR-2582, e um caminhão pe­queno, da marca Hyundai, de cor branca e placa PSN-4997. Ainda segundo a PRF, a avó da criança dirigia o veículo, e o bebê não usava cadeirinha ou qualquer outro acessório de segurança, e estava sendo transportado no colo da mãe.

Para comprar

Além de comercializada em lojas da capital, a cadeirinha de transportar crianças pode ser encontrada também em sites de compras na internet, com preços variados

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte