Estado Maior | COLUNA

Mentira no DNA

21/07/2018

O governo comunista do Maranhão tem a mentira no DNA, o que não chega a ser uma novidade para quem acompanha o noticiário político local.
E o caso envolvendo o quase fechamento de três serviços do Hospital do Câncer Aldenora Bello evidenciou, mais uma vez, essa característica.
Depois de a fundação mantenedora da unidade emitir ofício anunciando o encerramento de alguns atendimentos, por falta de recursos, o governo Flávio Dino decidiu movimentar-se e trabalhar para liberar verba disponível no Fundo Estadual de Combate ao Câncer.
É o que se espera do Poder Executivo. E o assunto poderia ser encerrado. Mas os comunistas têm essa necessidade premente de mentir. E, pior, acusando outros de fazer o mesmo.
Após a anunciada solução para o problema, os governistas foram às redes vociferar contra fake news. Num vídeo gravado na quinta-feira, 19, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, teve o disparate de dizer que a solução para o problema foi negociada com o Aldenora Bello “há semanas”.
Só não explicou por que, se era assim, o hospital emitiu um ofício reclamando de falta de recursos no dia 13 de julho, menos de uma semana antes do vídeo de Lula.
E olha que o secretário compartilhou o material com a hashtag #espalheaverdade...

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte