Esporte | Copa do Brasil

Em São Januário, o Vasco tenta reveter vantagem do Bahia

Cruzmaltinos precisam vencer, nesta segunda-feira (16), por três gols de diferença para levar o confronto para os pênaltis
Gazetapress15/07/2018 às 07h00
Em São Januário, o Vasco tenta reveter vantagem do BahiaVasco perdeu por 3 x 0 na Fonte Nova (Felipe Oliveira / EC Bahia)

Rio de Janeiro (RJ) - O Vasco entra em campo nesta segunda-feira contra Bahia, em São Januário, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Os cruzmaltinos precisam vencer por três gols de diferença para levar o confronto para os pênaltis. Do outro lado, os baianos querem garantir presenças na próxima fase do mata mata e diminuir a frustração da derrotada final da Copa do Nordeste.

No Vasco, o técnico Jorginho conseguiu tempo para trabalhar após sua chegada. O comandante colocou sua filosofia de trabalho, as conviveu com problemas, principalmente no ataque. O atacante Andrés Rios renovou contrato somente esta semana. Por isso, sua presença ainda é incerta entre os titulares no confronto.

"Temos duas possibilidades, e isso é bom. Ríos não participou da intertemporada, mas se preocupou em não ficar parado. Ele está muito bem, fez bons treinos. O Evander mostrou que tem uma finalização muito forte e pode fazer o papel de atacante. Os dois têm chance", disse.

Em termos de escalação, esta é a única dúvida de Jorginho. O treinador trabalhou muito com a formação atual. As novidades estão nas laterais: na direita, o recém-chegado Lenon ganhou a vaga. Já na esquerda, Ramon ficou com o lugar de Henrique.

Mesmo com a boa vantagem do Bahia, o pensamento dos vascaínos é de conquistar um lugar nas quartas de final. Para isso, os jogadores ressaltaram a importância da presença da torcida em São Januário.

"Queremos reverter essa situação, mostrar que podemos. Podem ter certeza que vontade, raça e técnica não vão faltar dentro de campo. Com a força da torcida e do nosso grupo vamos buscar os resultados", falou o volante Andrey.

Pelo lado do Bahia, o clima não é dos melhores após a perda da Copa do Nordeste. Os baianos tem boa vantagem, mas o goleiro Anderson Rechaçou que os visitantes ficarão apenas na defesa no Rio de Janeiro. "A gente tem que jogar para cima, não pode esperar muito a equipe do Vasco. A gente conhece o Jorginho, sabe que a equipe dele busca ter a posse de bola a todo momento para sair jogando e chegar no ataque. É marcar lá em cima, fazer o que o professor vem pedindo e buscar vencer", disse.

O pensamento do Bahia é de não deixar a decepção na Copado Nordeste atrapalhar a equipe na Copa do Brasil. Dentro de campo, o técnico Enderson Moreira deverá repetir a escalação do jogo contra o Sampaio Corrêa, com apenas Edigar Junio no ataque.

FICHA TÉCNICA:
VASCO X BAHIA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de julho de 2018, segunda-feira
Hora: 20h (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)

VASCO: Martín Silva, Lenon, Breno, Ricardo Graça e Ramon; Leandro Desábato, Andrey, Yago Pikachu, Wagner e Giovanni Augusto; Andrés Ríos (Evander)
Técnico Jorginho

BAHIA: Anderson; Flávio, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Zé Rafael, Régis e Élber; Edigar Junio
Técnico: Enderson Moreira

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte