Estado Maior

Mais um crime?

29/06/2018

O vídeo em que o prefeito de Caxias, Fábio Gentil (PRB), anunciou seu apoio à reeleição do governador Flávio Dino gerou uma forte polêmica. Ao confirmar a aliança, o chefe do Executivo municipal caxiense declarou que, com a decisão do governador de “trabalhar muito mais do que tem trabalho pelo município”, ele terá “apoio político naquilo que for possível em relação às eleições de 2018”.
“Saímos daqui convictos mais além ainda de que o governador irá trabalhar muito mais do que tem trabalhado pelo município e consequentemente tem nosso apoio junto a sua estrutura do Governo do Estado do Maranhão e nosso apoio político naquilo que for possível em relação às eleições de 2018”, disse Gentil.
O questionamento que se faz, então, é: seria essa declaração uma confissão de que o apoio de Fábio Gentil ao governo foi uma troca por obras e ações do governo em Caxias?
Flávio Dino sempre foi aliado da família do ex-deputado Humberto Coutinho (PDT) em Caxias. Mas, após a morte deste, passou a cortejar o prefeito Fábio Gentil, que se elegeu na oposição aos Coutinho.
O vídeo do prefeito será analisado em conjunto com outras questões envolvendo o apoio a Flávio Dino, que podem caracterizar mais um crime eleitoral cometido pelo comunista, já investigado em várias frentes.
O Ministério Público Eleitoral já está de posse de documentos que comprovam o suposto aliciamento do prefeito. E pode dar mais dor de cabeça ao governador.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte