Esporte | Liderança

México e Suécia fazem confronto direto por vaga

As duas seleções lutam pela classificação na chave mais equilibrada da disputa
27/06/2018


Ekaterimburgo
Emoção não deve faltar em Ekaterimburgo, na Rússia, nesta quarta-feira, às 11h (de Brasília), quando México e Suécia se enfrentam no Estádio Central pela última rodada do Grupo F da Copa do Mundo. As duas seleções lutam pela classificação na chave mais equilibrada da disputa até aqui, com todos os quatro integrantes sonhando com a vaga. Com seis pontos e na liderança isolada, o time mexicano depende de um simples empate. Se perder, aí torce por um tropeço da Alemanha, que tem três pontos e encara a Coréia do Sul, lanterna sem ter pontuado, no mesmo horário.
A Suécia se classifica no caso de um triunfo. Se emnpatar, torce para a Coréia do Sul superar a Alemanha. A possibilidade de um empate triplo existe e, neste caso, valeria apenas saldo de gols e gols marcados dos confrontos entre os envolvidos na disputa, eliminando os resultados contra o quarto colocado.
Tentando não pensar nesta possibilidade, o colombiano Juan Carlos Osorio pensa apenas em fazer seu México não depender dos outros.
“Temos que ir a campo e fazer a nossa parte, pois conseguimos chegar à última rodada dependendo apenas do nosso próprio resultado. Vamos precisar jogar com a mesma intensidade de quem sabe que pode ganhar e enfrentar qualquer adversário em igualdade de condições, apesar de respeitarmos os suecos”, disse Osorio, que no fim de semana viu a sua equipe derrotar a Coréia do Sul por 2 x 1.
Janne Andersson, treinador da Suécia, procurou trabalhar o aspecto psicológico de seus jogadores. Isso porque o grupo ficou abalado após levar nos acréscimos do segundo tempo a virada da Alemanha, que ganhou por 2 x 1.
“Vai ser um duelo muito equilibrado, o México tem uma grande equipe e não lidera por acaso um grupo tão equilibrado como o nosso. O importante é meus jogadores olharem para frente e entenderem que temos plenas condições de atingirmos os nossos objetivos”, disse Andersson.
As duas equipes não tiveram as suas escalações reveladas e seus respectivos treinadores fecharam parte das atividades. Porém, deverão manter a base utilizada nos dois primeiros confrontos na chave.
Pelo regulamento da Copa do Mundo, as seleções se enfrentam dentro de seus respectivos grupos em turno único. Ao fim, as duas melhores colocadas avançam para as oitavas de final, enquanto as demais voltam para casa. l

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte